#UFABC PARA TODOS, EXCETO PARA QUEM TRABALHA!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


Sou aluno de graduação da Fundação Universidade Federal do ABC, que apesar de promover o slogan “UFABC PARA TODOS” vem negligenciando seus alunos que exercem atividade remunerada, seja ela estágio ou CLT! É extremamente comum escutar nos corredores da UFABC a seguinte frase: “A UFABC não foi feita para quem trabalha” tanto dita por discente quanto por DOCENTES! Está na hora de começarmos a mudar isso, a UFABC É PARA TODOS e isso inclui os TRABALHADORES TAMBÉM, o dinheiro investido nesta universidade PÚBLICA tem de proporcionar acesso à educação de qualidade para TODOS e não apenas para os PRIVILEGIADOS.

 Os graduandos que necessitam trabalhar para se manter, e/ou manter suas famílias, representam cerca de 30% dos alunos da graduação, que estão sendo excluídos sistematicamente e sendo obrigados pela instituição a evadirem, devido à falta de suporte, desamparo e opressão desta dentro da universidade pública. Segundo a Resolução ConsEPE n° 181 - Regulamenta a aplicação de mecanismos de avaliação substitutivos nos cursos de graduação da UFABC, os alunos que se ausentam de uma aula/prova por motivos de trabalho, mesmo que tenham o atestado da empresa emitido e assinado pelo RH, NÃO TEM O DIREITO de abonar a falta ou fazer a prova substitutiva, o que é permitido aos alunos que tem o comprovante por terem realizado atividades acadêmicas ou por motivos de saúde.

Além disso, a maioria esmagadora das atividades extracurriculares como palestras, aula magna, atividades culturais, cinema, música, esportes, aulas de dança, aulas de informática e etc... acontecem em horário comercial de segunda a sexta, com quase NENHUMA ATIVIDADE desta natureza disponíveis aos sábados, domingos ou feriados. Isso proporciona uma formação DEFICIENTE aos trabalhadores, tornando impossível para os alunos que exercem atividade remunerada estarem em IGUALDADE COM OS PRIVILEGIADOS que tem condições de serem sustentados por alguém.

O objetivo deste abaixo assinado é, primeiramente, de reformar a Resolução ConsEPE nº181 para que os atestados de trabalho passem a serem aceitos pelos docentes e deem o direito de abonar a falta e/ou dar direito à prova substitutiva.



Hoje: Vitor está contando com você!

Vitor Padial precisa do seu apoio na petição «#UFABC PARA TODOS, EXCETO PARA QUEM TRABALHA!». Junte-se agora a Vitor e mais 1.182 apoiadores.