Que Manuela D'Avila seja convidada novamente para o Roda Viva

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


Na última segunda-feira dia 25/6/2018, a pré-candidata à presidência Manuela D'Avila foi entrevistada no programa Roda Viva, que vem convidando os/as pré-candidatos/as nas últimas semanas, para terem um espaço igual para a apresentação de suas propostas.

O eleitor que vem acompanhando os programas e conhecendo melhor os candidatos decepcionou-se com a edição com Manuela D'Avila. Ao contrário dos outros candidatos, ela teve pouquíssima oportunidade de falar sobre os programas de governo da sua iminente campanha eleitoral. Os convidados literalmente insistiram em outros assuntos, especialmente sobre comunismo e a prisão de Lula. Fosse em outra ocasião, isto é, Manuela D'Avila entrevistada como um personagem político qualquer, em outro momento, seria normal tanta curiosidade por suas opiniões pessoais sobre assuntos polêmicos. No contexto de uma série de sabatinas a pré-candidatos, deixa a desejar um jornalismo que se atém a picuinhas partidárias.

Desnecessário falar do machismo descarado com que foi tratada, repetindo-se o clássico comportamento machista de interrupção constante da fala da entrevistada, tanto pelos convidados que pelas convidadas (foram algumas dezenas de vezes em 1h30 de programa).

Ainda que desconsideremos o machismo e a obsessão anti-comunista, resta-nos lamentar que o nível dos convidados tenha sido tão baixo, com perguntas simplórias e um comportamento hostil. É natural que haja provocações da parte de quem sabe que pensa diferente, desde que sejam feitas com inteligência e respeito ao entrevistado. Não houve nem uma coisa, nem outra. Pelo contrário, quando a resposta não satisfazia, repetia-se a pergunta de forma infantil, às vezes imediatamente e com as mesmas palavras, às vezes no bloco seguinte.

O desrespeito à pré-candidata foi demonstrado já ao chamarem para entrevistá-la o coordenador de campanha de outro candidato. Tão desrespeitoso, para não dizer inadmissível, quanto o mediador do debate rir das respostas da entrevistada como fez Ricardo Lessa. Além das perguntas medíocres, a bancada toda demonstrou ter um pensamento unânime sobre os assuntos tratados, o que empobrece ainda mais qualquer debate democrático.

Por todos esses motivos, entendemos que a pré-candidata não teve sua presença e sua trajetória política respeitadas, não teve espaço para apresentar as propostas de seu partido, e deve ter o direito de ser chamada novamente ao programa, com uma bancada totalmente diferente, se possível com outro mediador, e obviamente com convidados inteligentes que acrescentem positivamente ao debate democrático.



Hoje: Andrea está contando com você!

Andrea R precisa do seu apoio na petição «TV Cultura: Que Manuela D'Avila seja convidada novamente para o Roda Viva». Junte-se agora a Andrea e mais 36 apoiadores.