Pela prisão de Nathzinha Sotello ( @Shiiziyu )

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 7.500!


Nathzinha Sotello, Nathzinha Sad, Shiiziyu (em seu twitter) Acusou de estupro Cadu Castro nas redes sociais após o término do namoro, como consequencia Cadú passou a ser ameaçado por diversas pessoas, de traficantes a garotas que apenas querem fama na internet, uma vida se perdeu pela canalhice do ser humano, não podemos deixar esta menina impune, queremos Nathzinha Sotello responsabilizada por assassinato e os amigos de Cadú Castro presos pelo crime de omissão de socorro. Ajude-nos a esta petição chegar até os olhos da justiça, a meta vai aumentando conforme for a repercussão.

(TEXTO RETIRADO DA PÁGINA "QUARTO MUNDO 3" PELO USUÁRIO #STRIDER)

Mais uma alma ceifada por falsa acusação de estupro.

A vítima em questão foi o jovem Carlos Eduardo (Cadú para os mais íntimos) de 19 anos, residente da grande metrópole de São Paulo, que segundo notas oficiais, o rapaz foi espancado de forma covarde até vir à óbito.

O perfil de Carlos Eduardo indicava ser alguém de personalidade simples e bastante humilde, porém, tímido e inseguro de si mesmo (possivelmente também com problemas de depressão). O rapaz era aficionado por cultura pop japonesa e gostava muito de se envolver e sair com pessoas que partilhavam do seu hobbie, mas infelizmente, Carlos também se envolvia diretamente com sub-celebridades narcisistas de rede sociais, e entre esse indivíduos em especial, a sua ex-namorada Nathalie Evangelista Bellotti (Nathzinha Sotello ou @shiiziyu nas redes sociais). E o que vocês precisam apenas saber sobre a Nathalie, é que ela não passa de mais uma "e-thot" e típica "princesinha moderna" do mais baixo clero que topa vender até sua alma à satã em pessoa por 5 minutos de atenção e fama.

A plot desse novo drama se resume da seguinte forma:
Carlos aparentemente descobriu que a tal da Nathalie era mais uma rameira infiel que estava lhe chifrando pelas costas e lhe deu aquele "pé na bunda", mas isso sem espalhar nada pelos quatro cantos do globo, ele simplesmente acabou o relacionamento e seguiu seu rumo. Porém, contatos do sexo feminino próximos à Nathalie decidiram levar isso de uma forma doentiamente pessoal, combinando em entre si formas de destruir a imagem do rapaz com todo tipo de falsas alegações absurdas. Não sendo o bastante atacar a integridade moral de Carlos publicamente, esse mesmo grupo passou a mandar diversas ameaças ao rapaz POR MESES e também apoiaram e sustentaram uma mentira quando a tal da Nathalie em seu ego inflado auto-destrutivo enxergou nisso tudo uma "oportunidade" de implantar uma falsa acusação de estupro contra o rapaz. Mas o fato revoltante de toda essa narrativa, é que nada disso foi motivado por uma vingança fútil pós fim de relacionamento, mas sim, de usar tudo isso como uma ferramente apenas para atrair a atenção pública através de um falso escândalo, em outras palavras: ganhar muitos "Likes, "Views", aparecer nos "Trending Topics" e fama. Simplesmente revoltante.

Resultado: Em um certo dia chuvoso Carlos estava passeando pela cidade com seus "amigos" e foi abordado no meio da rua por elementos que o espancaram brutalmente (sim, os "amiguinhos" dele assistiram tudo e não reagiram). O rapaz ainda estava vivo e se contorcia no chão, mas não resistiu e morreu após 7 paradas cardíacas antes do resgate chegar. Em um laudo médico divulgado pela família, a causa da morte de Carlos foi devido à seus órgãos internos que foram destruídos pelo ataque.
A Nathalie no entanto, ainda tentou abafar o caso para seu lado alegando que o rapaz morreu de "overdose" e disse que o mesmo era viciado em cocaína (que também foi desmentido no laudo médico) enquanto ainda insistia no falso estupro e outras mil e umas mentiras pra se passar de vítima, tudo isso na tentativa falha de que esses foram os "reais motivos" do fim da relação. Em prints vazados, Nathalie ainda debocha da situação com: "Oque vai dar pra mim? Sou branca, rosinha e rica, e você? *risos* Pobre e feio!", "Não mandei baterem nele, bateram por que quiseram", "Era zoação, se levaram à sério, não é problema meu". A mesma bloqueou suas contas nas redes sociais.

O caso foi infelizmente arquivado e os verdadeiros culpados ficaram impunes, é aquele velho meme que resume muito bem o caráter do nosso país: Crime ocorre, nada acontece, feijoada.