Diga NÃO EXCLUSÃO SOCIAL em Condomínio para Pessoa com Deficiência

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


Prezados, 

 

Por uma CORRENTE SOLIDARIA!

 

 

Pessoa com Deficiência está tendo EXCLUSÃO SOCIAL em Condomínio

 

Sendo obrigado a cumprir às 24hs TOTAL, ou seja, durante PERÍODOS MANHÃ, TARDE e NOITE em TODOS os DIAS da semana a LEI DO SILÊNCIO no CONDOMÍNIO.

 

Sou Alessandro Guedes,  pai de uma menina com 13 anos de idade tem Síndrome de Down + Hiperatividade.

Tendo recebido as notificações com as MULTAS são todas somente nos períodos MANHÃ e TARDE.
Com essa atitude imposta pelo condômino exigindo através da LEI DO SILÊNCIO e aprovado em Assembleia constando no Regulamento Interno NÃO estão aceitando as CARACTERÍSTICAS e COGNITIVA SOCIAL de uma PESSOA com DEFICIÊNCIA convivendo em CONDOMÍNIO. 

 

Lutamos por:

 

 

1 – Cumprimento da Lei da Pessoa com Deficiência.

2 – Condomínio em todo território nacional não exigir que se cumpra a Lei do Silencio em PERIODOS MANHA e TARDE, quando há morador residente Pessoa com Deficiência qual produz de quaisquer formas seja, com ou sem uso de objetos.

3 - Tribunal de Justiça / Supremo Tribunal de Justiça. 
CRIAR um grupo de (JUIZ) Magistrados Especialista através de uma CÂMARA ESPECIAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA e IDOSO no Tribunal de Justiça de cada ESTADO.

 

 

Relato:

 

Neste momento estamos LUTANDO no Tribunal de Justiça/SP, processo nr. 10****8-44.2017.8.26.0**1. Como somos proprietário isso não são suficiente pra podermos ter ao direito continuar a morar em nosso apartamento/condomínio devido que estão aplicando notificações com multas nos períodos da MANHA e TARDE, exigindo que se cumpra a Lei do Silencio no CONDOMÍNIO. Com essa atitude do condomínio estão induzindo para que a minha filha especial e a família, procurem outro local pra morar ou até mesmo que more na rua.

Como citado acima a minha filha tem Síndrome de Down + Hiperatividade, quer cantar, brincar com as bonecas, contar histórias, com DVD ouvir musica pra cantar, assistir desenhos e espontaneamente ela dar aquelas gargalhadas e outros... De acordo com os médicos faz parte da característica dela. Principalmente os brinquedos, aparelhos eletrônico, TV, Celular, Tablet, Brincar, tudo isso fazem parte da acessibilidade e ao bem estar dela INTERAGINDO.

 

 

 

Desabafo.

 

No Brasil há milhares de pessoas com deficiência que nascem e outra que com o decorrer do tempo o destino da vida às vezes também pode mudar por um acidente de trabalho, transito e domestica ou adquirir uma doença grave por diversas razões a pessoa pode tornar um deficiente.

Eu e minha esposa sempre lutamos por bem estar dela já desde quando nasceu, ficou quase 30 dias na UTI-NEONATAL, levou quase 2 anos de idade pra começar a andar.

Com 3 meses de idade a minha esposa iniciou o tratamentos Médicos, Fisioterapia Respiratório e Físico, Fonoaudióloga, Estimulação Precoce e outros. 

Sempre Lutamos e exigimos os direitos dela por uma melhor qualidade de vida. Quem tem uma pessoa com deficiência na família ou um amigo sabe que isso não tão simples assim pra conseguir, pois sempre a primeira palavra que aparece um "NÃO" que não tem vaga, não têm atendimentos pra tal necessidade dela, infelizmente isso ocorre sempre com os serviços públicos. 

Como a gente é persistente temos FÉ em DEUS nunca aceitamos uma palavra "NÃO". 
Então Lutamos exigimos que sejam respeitados os direitos dela de acordo com as Leis Federais que são SOBERANAS! 

Em 2012, lutamos exigimos o direito dela pra ter direito a Educação, graças a Deus conquistamos um "SIM" com ajuda do Judiciário.

Em 2015, Também Lutamos e exigimos o direito dela pra continuação aos tratamentos médicos multidisciplinar pela prefeitura graças a Deus conquistamos um "SIM" com ajuda do Judiciário.

Em 2017, Estamos Lutando também no Tribunal de Justiça. Como somos proprietário isso não são suficiente pra podermos ter ao direito continuar a morar em nosso apartamento/condomínio devido que estão aplicando notificações com multas nos períodos da MANHA e TARDE, exigindo que se cumpra a Lei do Silencio no CONDOMINIO.

 

 

 

Contamos com a sua compreensão e ajuda.


Vamos  ASSINAR a Petição/Abaixo Assinado.


Por uma CORRENTE SOLIDÁRIA! 
Compartilhe com seus amigos

 

 

Juntos Somos Mais Fortes.

Deus abençoe a todos nos!

Obrigado..

 


Att,

Alessandro Guedes e FAMILIA.

 

 

 

.



Hoje: Alessandro está contando com você!

Alessandro Guedes precisa do seu apoio na petição «Tribunal de Justiça - Conselho Nacional de Justiça: Diga NÃO EXCLUSÃO SOCIAL em Condomínio para Pessoa com Deficiência». Junte-se agora a Alessandro e mais 964 apoiadores.