Decision Maker Response

FAU Mackenzie’s response

Jan 5, 2021 — Em atenção ao e-mail abaixo-assinado da estudante de arquitetura Gabriela Rocha, segue resposta da Direção da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo com a ciência da Reitoria da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Cuidar da acessibilidade dos campis da Universidade Presbiteriana Mackenzie é uma preocupação constante dos seus gestores. A resolução de eventuais problemas de acessibilidade aos espaços da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UPM tem sido proridade da Direção da Unidade e da Coordenação dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Design.

Em relação a aluna Gabriela Rocha, desde o seu ingresso no curso de Arquitetura e Urbanismo, a Coordenação do Curso tem buscado atendê-la em suas demandas, inclusive apoiando-a em atividades externas de alguns componentes que envolvem trabalhos de campo.

A resolução da acessibilildade ao Diretório Acadêmico - DAFAM, que se encontra instalado desde década de 1950 no pavimento inferior ao térreo do edifício Chamberlaim, tem sido prioridade de solicitações, estudos e projetos. Por se tratar de edifício considerado patrimônio histórico, qualquer obra de adaptação não é simples, e envolve outras variáveis.

Para dar acessibilidade ao DAFAM, o setor de engenharia e arquitetura do Instiituto Presbiteriano Mackenzie estudou algumas opções chegando a uma solução de projeto que atende integralmente a Norma de Acessibilidade - ABNT NBR 9050. O projeto executivo foi realizado em 2020, e entre o orçamento, a contratação e a execução da obra, estima-se que até o final de março o espaço estará adequado (prazo este que poderá ser alterado em razão da situação de pandemia que estamos enfrentando).

Devemos destacar que desde o início da pandemia, em março de 2020, com o objetivo de preservar a saúde dos alunos e colaboradores e atendendo aos protocolos de segurança, os acessos presenciais a Faculdade e aos diretórios estão suspensos temporariamente. Portanto, acreditamos que no retorno das aulas presenciais a situação estará solucionada.


Cordialmente,

Prof Dra Angélica Benatti Alvim

Diretora