Supermercados Ricoy: queremos indenização ao jovem negro torturado por seguranças

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 75.000!


Um jovem negro, em situação de rua, foi brutalmente torturado por 2 seguranças. O fato ocorreu nos depósitos do Supermercado Ricoy, na zona sul de São Paulo, ele foi despido, amordaçado, chicoteado com fios elétricos e ameaçado de morte caso denunciasse. O motivo? Tentou furtar algumas barras de chocolate!

Além da tortura física, o jovem teve sua intimidade totalmente violada, os seguranças chegaram a filmar o ato, vídeo que foi analisado pela polícia e julgado como crime de tortura.

A prisão dos seguranças envolvidos no caso já foi solicitada, e os mesmos foram afastados do supermercado. Mesmo diante disso, queremos que o Supermercado Ricoy se responsabilize e indenize o jovem agredido, para que o mesmo consiga se recuperar do trauma e se ressocializar.

Peço que o supermercado invista em educação e atividades de ressocialização deste jovem. Sabemos que no Brasil muitos jovens não têm oportunidades dignas para seu desenvolvimento e que simplesmente enviar para a Fundação Casa não resolve o problema, apenas piora.

Se queremos uma país mais justo, precisamos investir em educação e dar oportunidades. Não é torturando que vamos melhorar a sociedade!

Esse jovem precisa de apoio! Sejamos parte da mudança, se você é contra esse episódio de violência e tantos outros, assine esta petição!