Assine contra o fechamento dos pronto-atendimento do hospital do ITAIM PAULISTA.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 5.000!


NÃO AO FECHAMENTO DO PS DO HOSPITAL GERALDO ITAIM PAULISTA

(SANTA MARCELINA)

Ao longo de 2020, assistimos ao crescimento de mortes pela covid-19. As autoridades municipais, estaduais e o governo federal, no entanto, insistem em ignorar o sofrimento da população.

Em 2021,a tragédia continua, consequência da falta de testagem em massa, da falta de política para manutenção do isolamento social, do fim do auxílio emergencial. O aumentonos casos de contágio e mortes sobrecarregam o SUS e, além do descontrole epidemiológico,assistimos ao agravamento dedoenças crônicas, com a diminuição de leitos e suspensão de cirurgias eletivas.

A vacinação contra covid-19, nossa esperança, é tratada de forma desastrosa pelo governo federal. Falta planejamento, diplomacia no trato com os países como China e Índia e incompetência para garantir os insumos e vacinaspara todos! Não bastasse este quase caos na saúde, o governador João Doriaanunciou o fechamento dos prontos-socorros de vários hospitais estaduais, entre eles os prontos-socorros do Hospital Geral Itaim Paulista e do Hospital Geral da Vila Alpina, na zona leste.

O fechamento pegou de surpresa a população, já que os conselhos de saúde não foram comunicados. Não houve diálogoou discussão de alternativas que minimizassem o sofrimento dapopulação.

Doria fecha serviços em plena piora da pandemia!Serão os fechamentos de prontos-socorros consequência do corte de quase R$ 1 bilhão no orçamento da saúde pelo governo do Estado?

Na nossa região é formada pelos distritos do Itaim Paulista e Vila Curuçá, uma área de 21,7 km², com mais de 358 mil habitantes, segundo o IBGE 2010. Temosapenas um serviço de Pronto Atendimento (PA), não temos UPA ou outro hospital que atenda pelo SUS, gratuito e universal. Pelo ato do governador, em 1 de fevereiro,o Hospital Geral do Itaim Paulista deixará de atender de porta aberta, ou seja, a população não terá acesso a pronto-socorro se não vier encaminhada por outro serviço da saúde. Utilizado pelos moradores do distrito do Jardim Helena e de Itaquaquecetuba e Ferraz, podemos afirmar que o Hospital Geral do Itaim Paulista tem uma abrangência de 800 mil pessoas.Com o fechamento do PS do Hospital Geral do Itaim,os usuários terão apenas o PAAtualpa, que, sabemos, não tem capacidade para atender tão grande demanda.

Por isso, afirmamos que o fechamento do PS é tragédia anunciada. Trará prejuízo à população, que ficará desassistida e podemos dizer que terá como consequência a demissão de trabalhadores.

Não se pode brincar com a saúde da população! Melhorias são necessárias em diálogo com conselhos e entidades, buscando alternativas de solução. Fechar serviço, NÃO!

Convidamos os conselheiros e conselheiras de saúde, entidades, movimentos sociais e de saúde, sindicatos, lideranças populares, trabalhadores, partidos, vereadores, deputados, para constituir a unidade e evitar os fechamentos e evitar a piora nas condições de atendimento à saúde.

Vacina para todos já!Fechar serviços é contribuir para a morte da população!Diminuir verbas da saúde é provocar mortes e sequelas!

São Paulo, 30 de janeiro de 2021.

MOVIMENTO POPULAR DE SAÚDE DA ZONA LESTE

CONSELHEIROS DE SAÚDE DA REGIÃO DO ITAIM

PT Itaim Paulista    -   PT São Miguel

APEOESP  –  PSOL

Sindicato dos Bancários – Sindicato dos Químicos