Derrote o fascismo na eleição!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


Todas as pesquisas indicam a ida de Fernando Haddad e Jair Bolsonaro ao segundo turno. Igualmente indicam a vitória do candidato despreparado, agressivo, conservador, preconceituoso e defensor do sucateamento dos serviços públicos. Nas mesmas pesquisas o terceiro colocado, Ciro Gomes, vence no segundo turno o candidato que todo cidadão brasileiro consciente não quer no governo. Em outras palavras, apenas a adesão do PT (ou seus eleitores) à candidatura de Ciro Gomes, segundo todas as pesquisas até o momento, tem grande chance de vencer a versão brasileira (e piorada, pois destrói nossa soberania nacional) do totalitarismo. Fora isso, as demais candidaturas são mais abertas a um eventual apoio a Ciro, não a Haddad. A base social em torno do PT não se mostrou suficiente para barrar o impeachment nem a prisão de Lula, certamente não tem força para combater tudo que se aglutinará em torno de Bolsonaro no segundo turno. Nossa chance é mandar um projeto popular que não tenha a perseguição do "antipetismo", muito forte ainda em nossa sociedade. A candidatura de Ciro, por sua vez, necessita de tal apoio agora, no segundo turno e no governo, pois sem essa força é desidratado por forças anti-povo, sedentas de precarizar o trabalho, baratear a mão de obra, entregar nossas riquezas e agredir as minorias. Chegamos em uma encruzilhada: ou somos estratégicos ou entregamos o país para o que há de pior nele. O momento não é de caprichos, é de consciência!

Por fim, vale lembrar que a eleição ganha não termina a disputa. Tais forças antinacionais já demonstraram a possibilidade de contestação do resultado caso não agrade. Porém, se conseguirem uma vitória nas urnas é praticamente a consolidação de seu projeto. A vitória eleitoral abre uma frente de lutas que não podemos entregar de mão beijada. 

Caso o cenário eleitoral mude e as pesquisas, diante das variáveis que surgem na campanha, e indiquem vitória de Haddad no segundo turno, este abaixo-assinado torna-se sem efeito. Ele condiz a uma situação peculiar que no encontramos e só nela, nesta circunstância concreta, tem seu sentido de ser: Haddad consegue ir pra o segundo turno e perde pra Bolsonaro, Ciro Não consegue ir pra o segundo turno, mas lá venceria Bolsonaro. 

Esse abaixo-assinado tem valor simbólico de mostrar que muitas pessoas perceberam a situação difícil que estamos e, diante dela, não aceitarão de bom grado a ingenuidade útil ao obscurantismo. A história registrará essa eleição, quem votou pelo fascismo e quem, mesmo podendo impedi-lo, nada fez de concreto.



Hoje: Tiago está contando com você!

Tiago Tavares precisa do seu apoio na petição «Sociedade civil organizada; movimentos sociais; cidadãos democráticos; Partido dos Trabalhadores: Vote útil contra o fascismo!». Junte-se agora a Tiago e mais 323 apoiadores.