Abaixo-assinado encerrado

Exigimos que o SINESP se posicione contra a Nova Lei de Terceirização- (PL) 4302/1998

Este abaixo-assinado conseguiu 29 apoiadores!


Nós, nutricionistas do estado de São Paulo, exigimos que o Sindicato dos Nutricionistas do Estado de São Paulo - SINESP venha a público declarar-se contrário à Lei da Terceirização (PL 4.330/2004) por meio de nota oficial a ser divulgada nos meios de comunicação, em nome de nossa categoria. Entendemos que a lei precariza as condições trabalhistas, enfraquece a organização dos trabalhadores e amplia a rotatividade. Em relações de trabalho, como é típico à área de alimentação, já tão delicadas devido aos baixos salários teremos condições ainda piores, com possibilidade de termos funcionários temporários por até 180 dias, por exemplo.
A terceirização poderá atingir também o setor público, ampliando a possibilidade de recrutamento amplo, sem realização de concursos públicos, o que é inconstitucional. Vagas, já escassas nesse setor, serão substituídas por profissionais de empresas terceirizadas, que como já se sabe ganham 1/3 daqueles que trabalham no setor público.
Trabalhadores terceirizados são as principais vítimas de acidentes de trabalho, pois as empresas não investem em treinamento e capacitação para eles, uma vez que, em tese, são temporários.
Os Auditores-Fiscais do Trabalho flagram situações irregulares de terceirização de mão de obra todos os dias. Terceirização favorece fraudes e sonegação, trabalho escravo, trabalho infantil, degradação ambiental e social.
Vários sindicatos de classe e outras entidades já se posicionaram contra essa Lei que nos fere e prejudica outros trabalhadores diretamente ligados à nós e à área de alimentação (auxiliares de cozinha, cozinheiros, auxiliares de limpeza, técnicos em nutrição, etc). Queremos que o SINESP declare publicamente o repúdio da nossa classe para com essa Lei que precariza nossos direitos. 



Hoje: Alana está contando com você!

Alana de Souza Guimarães precisa do seu apoio na petição «Sindicato dos Nutricionistas do Estado de São Paulo: Exigimos que o SINESP se posicione contra a Nova Lei de Terceirização- (PL) 4302/1998». Junte-se agora a Alana e mais 28 apoiadores.