Petition Closed
Petitioning Shrine of Fátima - Portugal / Santuário de Fátima - portugal
This petition will be delivered to:
Shrine of Fátima - Portugal / Santuário de Fátima - portugal

Let Laurinda Oliveira live on her home till the end of her life.

"First we want to share the news text that came on the portuguese newspaper "Correio da Manhã". (portuguese & english)
Fatima - Portugal: Water and electricity have been cut off.
The Sanctuary wants to dump an old lady.
The elder lady helped her sister - Maria Oliveira - to found the “Casa das Gaiatas”, in Fatima, and remained working there for decades. In 1994, the property where the institution worked to support orphaned and abandoned girls was donated to the sanctuary by the two sisters. With the condition that the annex where dwells Laurinda stay forever in the possession of Maria. Only after the death of its founder, the sanctuary has come forward with an action for eviction. "I had wet and puffy eyes for the death of my sister and now the president was sending a lawyer to identify myself," laments Laurinda.
As always refused to leave, they ordered to cut the electricity and water. Ill, bedridden and with "40 euros for reform," Laurinda lives "on the charity of neighbors." One gives you power, others offer her food and a friend will get to the source water for her to wash herself .
"If I leave this place, I’ll live on the streets," complains the elderly.
The Shrine of Fatima is not commenting."

"Fátima: Água e electricidade já foram cortadas
Santuário quer despejar idosa
"Que estorvo eu para me estarem a querer tirar daqui?" Esta é a pergunta que Laurinda Oliveira, de 80 anos, mais tem feito nos últimos tempos, depois de receber uma ordem de despejo movida pelo Santuário de Fátima.
A idosa ajudou a irmã – Maria Oliveira – a fundar a Casa das Gaiatas, em Fátima, e ali se manteve a trabalhar durante décadas. Em 1994, o imóvel onde funcionava a instituição de apoio a meninas órfãs e abandonadas foi doado pelas duas irmãs ao santuário. Com a condição de que o anexo onde Laurinda habita ficasse para sempre na posse de Maria. Só que, após a morte da fundadora, o santuário avançou com uma acção de despejo. "Ainda tinha os olhos inchados e molhados pela morte da minha irmã e já o reitor estava a mandar um advogado identificar-me", lamenta Laurinda.
Como sempre recusou sair, mandaram cortar-lhe a electricidade e a água. Doente, acamada e com "40 euros de reforma", Laurinda vive "da caridade dos vizinhos". Um dá-lhe electricidade, outros oferecem-lhe comida e uma amiga vai buscar água à fonte, para ela se lavar.
"Se sair daqui, só se for para o passeio", queixa-se a idosa.
O Santuário de Fátima não comenta o assunto."

We kindly ask the Shrine of Fátima to let Laurinda Oliveira live on her home till the end of her life. Taking her out of that house it's against human rights. You must remember she and ger sister did a lot for the church. Show us that you really follow Jesus Christ.

Pedimos ao Santuário de Fátima e seu reitor que deixem Laurinda viver naquela casa até ao fim da sua vida. Tirá-la dali, e na situação em que está vai contra os direitos humanos. Devem lembrar-se que ela e a sua irmã fizeram muito pela Igreja. Mostrem que seguem Jesus Cristo.

 


Letter to
Shrine of Fátima - Portugal / Santuário de Fátima - portugal
I just signed the following petition addressed to: Shrine of Fátima - Portugal / Santuário de Fátima - portugal.

----------------
Let Laurinda Oliveira live on her home till the end of her life.

"First we want to share the news text that came on the portuguese newspaper "Correio da Manhã". (portuguese & english)
Fatima - Portugal: Water and electricity have been cut off.
The Sanctuary wants to dump an old lady.
The elder lady helped her sister - Maria Oliveira - to found the “Casa das Gaiatas”, in Fatima, and remained working there for decades. In 1994, the property where the institution worked to support orphaned and abandoned girls was donated to the sanctuary by the two sisters. With the condition that the annex where dwells Laurinda stay forever in the possession of Maria. Only after the death of its founder, the sanctuary has come forward with an action for eviction. "I had wet and puffy eyes for the death of my sister and now the president was sending a lawyer to identify myself," laments Laurinda.
As always refused to leave, they ordered to cut the electricity and water. Ill, bedridden and with "40 euros for reform," Laurinda lives "on the charity of neighbors." One gives you power, others offer her food and a friend will get to the source water for her to wash herself .
"If I leave this place, I’ll live on the streets," complains the elderly.
The Shrine of Fatima is not commenting."

"Fátima: Água e electricidade já foram cortadas
Santuário quer despejar idosa
"Que estorvo eu para me estarem a querer tirar daqui?" Esta é a pergunta que Laurinda Oliveira, de 80 anos, mais tem feito nos últimos tempos, depois de receber uma ordem de despejo movida pelo Santuário de Fátima.
A idosa ajudou a irmã – Maria Oliveira – a fundar a Casa das Gaiatas, em Fátima, e ali se manteve a trabalhar durante décadas. Em 1994, o imóvel onde funcionava a instituição de apoio a meninas órfãs e abandonadas foi doado pelas duas irmãs ao santuário. Com a condição de que o anexo onde Laurinda habita ficasse para sempre na posse de Maria. Só que, após a morte da fundadora, o santuário avançou com uma acção de despejo. "Ainda tinha os olhos inchados e molhados pela morte da minha irmã e já o reitor estava a mandar um advogado identificar-me", lamenta Laurinda.
Como sempre recusou sair, mandaram cortar-lhe a electricidade e a água. Doente, acamada e com "40 euros de reforma", Laurinda vive "da caridade dos vizinhos". Um dá-lhe electricidade, outros oferecem-lhe comida e uma amiga vai buscar água à fonte, para ela se lavar.
"Se sair daqui, só se for para o passeio", queixa-se a idosa.
O Santuário de Fátima não comenta o assunto."

We kindly ask the Shrine of Fátima to let Laurinda Oliveira live on her home till the end of her life. Taking her out of that house it's against human rights. You must remember she and ger sister did a lot for the church. Show us that you really follow Jesus Christ.

Pedimos ao Santuário de Fátima e seu reitor que deixem Laurinda viver naquela casa até ao fim da sua vida. Tirá-la dali, e na situação em que está vai contra os direitos humanos. Devem lembrar-se que ela e a sua irmã fizeram muito pela Igreja. Mostrem que seguem Jesus Cristo.




----------------

Sincerely,