Proibição de Bebidas Alcoólicas em Postos de Gasolina

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 200!


Motoristas alcoolizados são responsáveis por 65% dos acidentes Artigos sobre drogas e alcool - Site Antidrogas

Motoristas que dirigem sob efeito de álcool são responsáveis por 65% dos acidentes de trânsito de acordo com dados da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet). A entidade também defende a tolerância zero quando o assunto é bebida e direção.

Por isso, quero a proibição da venda de bebidas alcoólicas em postos de gasolina.

"Não existe comprovação científica de que é possível determinar um limite de álcool para quem vai dirigir", garante a presidente regional da Abramet, Maria Cristina Santos de Carvalho. Ela explicou que os efeitos do álcool variam por conta de uma série de fatores como massa corporal, sexo, idade e estado emocional.

"De 0,2 a 0,3 grama de álcool por litro de sangue já há redução de sensibilidade visual e percepção de velocidade e distância. E essa quantidade está dentro do limite permitido pela lei atual", exemplificou a médica.

Entre os efeitos do álcool no organismo, os mais perigosos para quem vai dirigir são a redução da sensibilidade visual e dos reflexos, a redução da coordenação motora, visão turva, tonturas e perda da autocrítica – quando a pessoa faz coisas que não faria se estivesse sóbria. Também é sob o efeito do álcool que o motorista demora mais para reagir nas situação de risco no trânsito.

Jovens

Em uma pesquisa realizada com jovens entre 18 e 29 anos na Grande Vitória, no ano passado, 63% afirmaram que se sentem em plenas condições de dirigir depois de ingerir bebida alcoólica. "Desses, 21% disseram beber entre três e oito garrafas de cerveja quando saem, o que é um dado muito preocupante", informou Luciene Becacici, diretora-geral do Detran, órgão que encomendou a pesquisa.

Além de se mostrar pouco preocupados com as conseqüências de dirigir depois de beber, os jovens representam boa parte das mortes no trânsito do Estado: em 2007, das 618 pessoas mortas no trânsito, 28% eram jovens, e 62% delas estavam ao volante na hora dos acidentes.

"Recomendamos o limite zero para bebida e volante. Não há como precisar quantas doses de álcool podem deixar uma pessoa embriagada"

Maria Cristina Carvalho -presidente da Abramet-ES

Números/Alerta

Dados sobre álcool ao volante

0,6g de álcool por litro de sangue – limite de álcool no organismo permitido por lei atualmente – equivale a três latas de cerveja

65% dos acidentes de trânsito são causados por motoristas que beberam antes de dirigir

63% dos jovens da Grande Vitória afirmam se sentir capazes de dirigir depois de beber

30% deles bebem entre três e oito latas de cerveja quando saem

2 mil carteiras foram apreendidas, aproximadamente, durante as mais de 38 mil abordagens dos programas Praia Viva e Madrugada Viva, do Detran, em três anos

Efeitos do álcool

0,3 grama de álcool por litro de sangue basta para que o motorista comece a perder a sensibilidade visual (visão turva) e ter a percepção de velocidade e distância reduzida

Tendo mais de 0,5 grama de álcool por litro de sangue, a pessoa começa a perder os reflexos e a coordenação motora. Entra em estado de excitação e euforia. O tempo de reação aumenta, ou seja, o motorista demora mais para reagir em situação de perigo. Começam tremores nas extremidades, tonturas e confusão mental

Conforme aumenta a dose, os efeitos passam ser mais depressivos, causando falta de coordenação motora, diminuição sensitiva, descontrole, sono e até uma espécie de coma, denominado coma alcoólico

A mistura de bebidas fermentadas com destiladas contribui para potencializar os efeitos do álcool

O álcool leva à deficiência de vitaminas e afeta a área do cérebro que controla as freqüências respiratória e cardíaca

O consumo contínuo traz conseqüências graves, como doenças em todos os órgãos, em especial o estômago, o fígado, o coração e o cérebro.

Autor: Cida Alves
OBID Fonte: A Gazeta - ES



Hoje: Márcio está contando com você!

Márcio Nato precisa do seu apoio na petição «Senador Magno Malta: Proibição de Bebidas Alcoólicas em Postos de Gasolina». Junte-se agora a Márcio e mais 105 apoiadores.