Uma lei de abandono paterno/materno de uma criança. Família Monoparental

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


Tenho uma filha de 3 anos, o nome dela é Maia, quando ela tinha 1 mês de vida, o pai registrou no cartório e sumiu, até hoje nunca apareceu, ligou ou se preocupou com a filha. Me vejo totalmente "presa" e impedida de viver com a minha filha.

Se eu quiser ir pra Disney, tenho que pedir uma autorização ao pai, se quiser morar fora do país, tenho que ter a autorização do pai... gente, isso tem que mudar!! Se sou eu que cuido, arco com todas os custos da criança, pq eu tenho que pedir uma autorização ao pai que não tá nem aí pra filha e não procura saber se a mesma está viva!? E, fora toda a burocracia que envolve, por exemplo: se quero levar a minha filha pra Disney, entro com o pedido, o juiz manda fazer a busca ao pai para poder autorizar e quando achar e se achar, o pai que decide se autoriza ou não (olha o poder que é dado a um indivíduo totalmente irresponsável!), sim! Caso ele não autorize, as vezes o próprio juiz (lembrando, depois de pedir ao pai), faz a autorização. Pelo amor de Deus! Prestem atenção nesse caso! Não é possível gente! Um pai abandona efetivamente e financeiramente um filho e ainda tem o poder de decidir e impedir! 

E eu ainda escuto das pessoas: se ele (o pai) não tivesse registrado, seria mais fácil pra você! Mas ele registrou, então você não pode fazer nada pq a lei brasileira não permite criança registrada ter a vida decidida por um lado apenas. Mas gente! TODA CRIANÇA TEM O DIREITO DE SER REGISTRADA, TER SIM OS NOMES DOS PAIS NA SUA CERTIDÃO DE NASCIMENTO. ISSO É UM DIREITO DA CRIANÇA!

Imaginem só, além de ser abandonada pelo pai/mãe, ela não ter o direito de ter na certidão o nome de ambos!? Claro que tem que ter, e essas leis brasileiras tem que mudar, já!

Venho aqui pedir a todos vocês a criação da Lei Maia, onde o responsável materno/paterno tenha total poder sobre a criança independente de ter sido resgistrada ou não e que apenas com provas de abandono, consiga viver sem precisar de autorização da outra parte que abandonou. Essa lei é para todas as mães ou pais que tiveram os seus filhos abandonados pelo pai/mãe, não precisarem de autorização de assinatura pra nada!

Conheço muitos casos: pais que foram procurados e não liberaram (o que quer que seja), outros, os pais não liberaram e o juiz que assinou e por aí vai... por favor, me ajudem a criar essa lei, precisamos viver em paz e livres, urgente.