Manifesto Contra a Autonomia do Banco Central

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 10.000!


Transmita agora, essa semana, no Senado Federal, o projeto do governo Jair Bolsonaro de "Autonomia do Banco Central". O projeto visa a criação de um mandato solido ao presidente do órgão e a impossibilidade de interferência do governo na política monetária do país.

A medida é cruel, antidemocrática e põem em risco a soberania nacional. Se aprovada o mercado financeiro e órgãos de interesse multinacionais se apossarão definitivamente de toda tomada de decisão monetária do país. Poderíamos eleger o presidente que quiséssemos e ele não poderia fazer nada a respeito de política monetária.

A autonomia do Banco Central é exigência antiga dos bancos e do mercado financeiro. Ela visa insular a gestão da política monetária e cambial e a regulação do sistema financeiro nacional do poder político, ou seja, da soberania do voto popular. Na prática isso já ocorre no Brasil. Apesar de formalmente o Presidente da República nomear e o Senado aprovar, quem indica o presidente do Banco Central é o cartel dos poucos bancos brasileiros. No Brasil, 5 bancos controlam 82% dos ativos financeiros

Como informa o próprio site do Senado, o projeto governista tem apoio inclusive de senadores petistas opositores, como Rogério Carvalho (SE) e Jean Paul Prates (RN), e oposição dos senadores do famigerado “centrão” como Eduardo Braga do MDB (AM) que apresentou outro emenda que estabelecia o duplo mandato para o Banco Central. A emenda do senador emedebista foi rejeitada, e o projeto proposto pelo tucano Tasso Jereissati (CE) de relatoria do oposicionista Telmário Mota do PROS (RR) aprovado…

Esse projeto é lesa-pátria e antidemocrático, seria motivo do povo sair na rua quebrando tudo, é algo que se feito, dificilmente poderá ser revertido. Impedi-lo só depende de nós fazermos pressão popular nas redes e na rua e pressão direta com nossos políticos principalmente senadores a se posicionarem contra.

Por isso pedimos a sua manifestação de apoio ao #NãoaAutonomiadoBC