Aposentadoria para os portadores de Fibromialgia, doença incapacitante.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


Olá, me chamo Dalva, tenho 50 anos e há pouco mais de 13 (treze) anos sofro de Fibromialgia, conhecida por ser uma "doença invisível", pois seu diagnóstico se dá pela falta de resultados nos mais diversos exames a que somos submetidos, ao começar a sentir os sintomas dela, dores por toda parte do corpo, fadiga, insônia, falta de raciocínio, confusão mental, depressão.... enfim, o corpo entra numa espécie de "pane". Há 2 (dois) anos encontro-me afastada de meu trabalho, em Auxílio Doença - INSS, mas devido ao baixo salário não tenho condições de arcar com os custos dos tratamentos adequados, que me trariam um pouco de alívio, melhores condições de saúde. Com o passar do tempo as crises de dor vão se tornando mais frequentes e mais intensas também, os músculos vão se tornando mais rígidos e tudo piora, é como se todo o nosso corpo estivesse inflamado, tudo dói... e muito, cada vez mais. Como disse antes, há dois anos fui afastada de meu trabalho, enquanto tive condições exerci minhas atividades normalmente, mas as crises tornaram-se mais frequentes e a doença começou a atingir, principalmente, os meus punhos, minhas mãos e meus dedos, e quando entro em crise sequer posso segurar um copo e/ou os talheres, perco as forças e necessito de auxílio até para me alimentar e/ou beber um copo d'água,  também se intensificam as dores na coluna, nos joelhos e nos tornozelos, trazendo a dificuldade de ficar de pé e/ou sentada por longos períodos... dessa forma começaram os sucessivos afastamentos do trabalho, por atestados médicos, até chegar a perícia do INSS, quando fui afastada de minhas atividades profissionais.

Por tudo isso, venho pedir que nossos direitos sejam reconhecidos, pois a Fibromialgia é uma "doença incapacitante" e precisamos ter o direito a "aposentadoria", além disso precisamos de um auxílio, uma remuneração digna, para que possamos ter condições de custear os tratamentos necessários para uma melhor condição física e mental, pois essa doença nos traz muitas dores, tristeza e também a depressão.

Nossa dor é real, essa doença nos maltrata e precisamos de muita ajuda!

Dalva Cristina Fernandes de Almeida

 

 



Hoje: Dalva Cristina Almeida está contando com você!

Dalva Cristina Almeida Almeida precisa do seu apoio na petição «Senado Federal: Aposentadoria aos que não tem mais condições de trabalhar, portadores de fibromialgia.». Junte-se agora a Dalva Cristina Almeida e mais 89 apoiadores.