Abaixo-assinado encerrado

Segurança e atenção imediata aos alunos, funcionários e famílias da EMESP

Este abaixo-assinado conseguiu 822 apoiadores!


Aos Excelentíssimos Secretários de Cultura e de Segurança do Estado de São Paulo.

Nós, pais e alunos da Emesp, Escola de Música do Estado de São Paulo, manifestamos nossa preocupação e solicitamos atenção da Secretaria de Cultura e de Segurança neste momento de insegurança vivido nos últimos dias nos arredores de nossa escola.

A EMESP é um centro de excelência no ensino de música, onde são atendidos 1365 alunos, dos quais 461 menores de idade. O trabalho desenvolvido na instituição ultrapassa os limites da cultura e exerce também um papel de inserção social de milhares de jovens.

Para que os alunos não corram riscos e a escola possa dar continuidade aos seus trabalhos, solicitamos que as seguintes medidas sejam tomadas com urgência:

  • instalação de uma base permanente da polícia em frente à nossa escola;
  • comunicação antecipada da Secretaria de Segurança à Secretaria de Cultura e à Direção da Emesp, quando novas intervenções, como as de 10/05, 21/05 e 22/05, ocorrerem, visto que, tememos pela segurança e integridade física de todos os que trabalham e estudam nesta instituição;
  • disponibilização de um transporte circular periódico que faça o translado de pais, alunos e funcionários com segurança, durante os horários de funcionamento da escola, das estações de metrô Luz e trem Júlio Prestes até a Emesp, bem como o retorno da escola às estações mencionadas;
  • policiamento constante nos percursos das estações Luz do Metrô e Júlio Prestes da CPTM até a escola.

Nossas demandas são uma reação a fatos reais que ocorreram em nossa comunidade escolar. Alunos foram agredidos, inclusive sob a ameaça de arma branca, instrumentos e outros bens foram roubados. Mais recentemente, alunos foram impedidos de sair da escola devido ao confronto ocorrido no Largo General Osório entre os dependentes e a polícia, na noite de 22/05/2017, quando bombas de efeito moral foram lançadas e seus gases chegaram ao primeiro andar do prédio, onde ocorriam aulas.

Esperando uma resposta imediata de ambos os Secretários, da Cultura e da Segurança, às nossas solicitações, subscrevemos.



Hoje: Associação de Pais da EMESP Tom Jobim está contando com você!

Associação de Pais da EMESP Tom Jobim precisa do seu apoio na petição «Secretário de Cultura do Estado de São Paulo: Segurança e atenção imediata aos alunos, funcionários e famílias da EMESP». Junte-se agora a Associação de Pais da EMESP Tom Jobim e mais 821 apoiadores.