Pressionando sbt e 6 outros

Até quando violência, crime e assassinato vai sair mais impune como essa história?

0

0 assinou. Ajude a chegar a 500

 

Olá meu nome é Diuly Megier. 

Apresento um caso ocorrido em Matinhos - Paraná, em fevereiro de 2017. 

Quem eu quero que seja preso?

Jose Megier

Eu busquei Change Org, para que esse caso seja ajudado, sendo exibido em algum canal nacional.

 

Desde o começo do casamento minha mãe sofreu com violência física e verbal. Mas ela nunca pôde escapar desde cedo, achou que ele mudaria e também ela não tinha dinheiro pra ir embora.
O tempo passou e ela acabou tendo filhas... os relatos no fim de ano de 2016, ela me disse que ele socava principalmente a minha irmã mais velha no berço, achando que isso ia fazer parar de chorar... Demorou muito para que tivesse alguém que cuidasse de nós em tempos, em tempos...
E tudo faz sentido, porque quando tínhamos nossos momentos de infância e adolescência, não tínhamos pai, apenas quando precisássemos de algo ele nunca nos deu, desde carinho e cuidados...

Ele José Megier, contou sobre o que passou na juventude dele, os sofrimentos e derrotas... Onde ele acabou sendo maltratado como bicho pelos verdadeiros pais dele e até hoje reclama de marcas do passado, mesmo que ele foi adotado por uma boa família ele não prestou como homem, marido e pai. Ele estava consciente de que quem ele formou familia não tinha nada a ver com o que havia sido de mal no passado a ele...

Nos últimos anos ele estava um pouco diferente, menos violento e mais emocionado por reencontrar a familia adotiva, e que tinha 2 pessoas doentes, e que o câncer matou uma dessas pessoas...

Começo de 2017. Minha mãe anuncia que quer separar, ele não aceitava. Houve muitas discussões, ele tinha planos de ele mesmo se suicidar. Mas não conseguiu. E parou de dormir e se alimentar direito... Ele ficou louco e colocou em mente que fosse ela que estivesse o traindo.

Madrugada de  7 de fevereiro de 2017, próximo das 4h da madrugada e eu não conseguia ainda dormir... Até que comecei a ouvir barulhos de móveis sendo arrastados, pensei ser minha mãe ter levantado para procurar algo, fui saindo de meu quarto aos poucos e quando pela fresta em baixo da minha porta vi a luz ser acendida e ouvi minha mãe tentando gritar, eu fui o mais rápido possível pro quarto dela e não deu tempo ele já havia literalmente fatiado lado direito do pescoço dela... Na hora eu paralisei e ele apertando o torax dela e ainda passando a faca me disse:
"-Ela pediu por isso"
E saiu correndo com a faca, deixou documentos e chaves do carro, e saído ele disse que o carro estava em alguma rua e sumiu... E nesse mesmo momento eu estava ligando pras autoridades, só para anotarem meu chamado demorou muito e então que em menos de 5 min. Já havia um óbito...

Fui para delegacia, registrei e ele não ficou nem 1 dia se quer na cadeia, mesmo ele confessando foi solto...
E eu liguei para minhas irmãs e retiramos algumas coisas que dava e eu tive que me retirar de la...
O que me disseram sobre ele não ser preso oficialmente, foi que ele nunca cometeu um crime, contribuiu vários anos de trabalho e estava perto dos 60 anos...
Então recorremos em advogado, e temos que pagar caro, enquanto ele está lá na casa de boas, e que não quer passar a documentação da casa pra eu, que poderia estar ajudando minhas irmãs e iniciar minha independência um pouco tranquila...
Estou morando de favor numa de minhas irmãs, estou passando muitas dificuldades, sendo rejeitada em muitos estabelecimentos para conseguir trabalho, por estar em depressão e outros problemas de saúde, que eu não conseguia no passado ter completado meus estudos...
Minhas duas irmãs estão empregadas e por muitas circunstâncias após morte de minha mãe ficaram muito endividadas...
Além de não conseguirmos a justiça os problemas aumentaram em dobro.

Por isso eu gostaria de pedir sua ajuda, para que nosso caso fosse parar na tv, pois muitos casos como esse são silenciados e não vão aos olhos do povo... Simplesmente nos sentimos abandonadas pela autoridade.
Gostaria que esse caso se popularizasse para que possamos chamar atenção das pessoas para que façam algo justo e que diminua a injustiça.
Por favor, sei que há muitos casos no Change org. Mas eu espero que alguém possa me ajudar nessa urgência que pode ser importante para sociedade em geral.
Obrigada.

 

Este abaixo-assinado será entregue para:
  • sbt
  • Globo
  • record
  • ric tv
  • rede massa
  • policia
  • Governo

Diuly Megier fez este abaixo-assinado do zero e agora já tem 405 apoiadores. Faça você também um abaixo-assinado e mude o que você quiser.




Hoje: Diuly está contando com você!

Diuly Megier precisa do seu apoio na petição «sbt: Até quando violência, crime e assassinato vai sair mais impune como essa história?». Junte-se agora a Diuly e mais 404 apoiadores.