Salve o Rio Jácuba de Hortolândia e as tartarugas e cágados

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


Desde o início de Janeiro de 2012, que relatei ao meio ambiente da cidade de Hortolândia/SP, vi que existia presença de tartarugas e cágados no referido Rio. O fazendeiro proprietário da fazenda doou uma área no final da canalização à minha pessoa verbalmente dentro da prefeitura para que eu administrasse a área conforme meu entender. Eu fui até a Prefeitura da Cidade de Hortolândia/SP,  no dia 08 de agosto de 2014, pedindo ao meio que me ajudasse fazer uma praia de desovas para essas criaturas.

Foi negado o meu pedido com a alegação que o rio precisaria ser canalizado até Sumaré/SP.  Me dirigi até a Promotoria da Justiça da Cidade, contei a História a um promotor de Justiça substituto (titular estava de licença), que entendeu a situação como bastante grave, a tal ponto que abriu uma Portaria proibindo esses maus tratos. Porém, o promotor titular, ao voltar de licença,  arquivou.  Passaram-se 7 anos sem nenhuma solução. 

Além do mais, a cidade de Sumaré que mora às margens do Rio está também bastante ameaçada em virtude das enchentes, por causa desses serviços mais executados pela empreiteira é tamanho que executou a canalização. É necessário que se faça alguma coisa. Primeiro lugar, o desarquivamento da Portaria proibindo as obras sem os devido licenciamento. É necessário desassorear o Rio, a começar por Sumaré SP,  DESAPROPRIAR no mínimo uma construção que esta na área destas criaturas. O aterro freático nessa área e interessante cancelar e autuar os responsáveis pelos crimes.