Salve o Ibirapuera exigindo um plano diretor e governança antes da concessão

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!


Você se importa com o futuro do Ibirapuera? Assine este abaixo-assinado se você acredita que o controle do parque deve permancer nas mãos do cidadão. Para isto, o parque precisa do Plano Diretor / Restauração com detalhamento dos bosques, jardins, acessibilidade, infraestrutura e de uma boa e séria governança para lidar com equipamentos recreativos, esportivos e culturais para que qualquer tipo de edital de concessão do parque ou partes do parque sigam adiante.

Apõs pressão da população, sociedade civil e reflexão de representantes da prefeitura, o Conselho Gestor do Parque Ibirapuera deliberou dentro da lei 15910/13, quando ainda era deliberativo, que antes de conceder o parque é necessário fazer seu plano diretor. A prefeitura via Secretaria de Desestatização reduziu a velocidade, parou para refletir, mas recusa investir no plano, condição básica que toda cidade seria do mundo promove e debate antes de escolher modelos de concessão.

A regulação da governança de um parque concessionado vem antes da concessão e o Plano Diretor vem antes de tudo. Assim fazem TODOS os parques e prefeituras mundo afora fazem. Por que? Porque sem Plano Diretor / Master Plan e a governança estabelecida, o municipio e as pessoas perdem contratualmente o controle futuro parque. Isto é inaceitável. Não queremos isto.

Apesar da média dos brasileiros não ligar - ou não ter tempo para entender e participar, contamos com você que sabe a diferença entre uma concessão boa e uma concessão ruim para os parques.

Queremos uma concessão boa, onde o interesse dos usuários prevaleçam, e não uma ruim, onde nós frequentadores perdemos o controle com contratos engessados. Não é à toa que nem americanos, ingleses, franceses, alemães, ou seja qual for a sociedade que você pesquisar, cogitaram passar o controle dos seus parques urbanos ícones para a exploração comercial.

Claro, nos parques de todos estes países, há empresas profissionais gerindo restaurantes e serviços, gerando lucro para seu concessionário, mas NUNCA alterando o parque para gerar mais lucro. Passar o controle por 35 anos seja para lá quem for que possa colocar o lucro e suas próprias idéias acima do interesse da sociedade é inaceitável.

Acreditamos na concessão, mas, antes de arriscar modelo que for e licitar, precisamos do PLANO DIRETOR e da GOVERNANÇA dos parques DEFINIDOS. É o básico, senão a pressa se torna irresponsabilidade e teremos o risco de uma má concessão.



Hoje: Parque Ibirapuera Conservação está contando com você!

Parque Ibirapuera Conservação precisa do seu apoio na petição «Salve o Ibirapuera exigindo um plano diretor e governança antes da concessão». Junte-se agora a Parque Ibirapuera Conservação e mais 2.235 apoiadores.