MARRIOTT, PAGUE A APOSENTADORIA DE SEUS EX-FUNCIONÁRIOS!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 200.000!


FR I ES I US 

O meu nome é Jean Claude Niger, fui diretor técnico da cadeia hoteleira MERIDIEN, hoje MARRIOTT. Gostaria de aproveitar esta petição para contar um pouco da minha história. Tenho 83 anos e sofro de doença cardíaca. Em 2012 e 2017 fui submetido a três cirurgias graves consecutivas, então os médicos me proibiram de trabalhar. Entretanto, por causa da MARRIOTT-MERIDIEN esta recomendação não pode ser atendida, já que o Grupo não pagou as cotizações relativas a minha aposentadoria, de quando eles eram meus empregadores.  Uma de minhas filhas sofre de miopatia e, para salvá-la, seria preciso tratá-la na França. Mas, apesar dos meus esforços, não tenho condições financeiras para garantir os custos da viagem. Estou cansado de ter que trabalhar ainda aos 83 anos de idade para dar sustento a minha família. Percebo que estou prestes a sucumbir, deixando a minha família sem recursos, numa pobreza e miséria inadmissíveis. Tudo por causa da MARRIOTT-MERIDIEN.

Trabalhei grande parte de minha vida para a MARRIOTT-MERIDIEN no Brasil. Sou aposentado desde de 2002, mas não recebo nenhuma aposentadoria relativa aos meus 20 anos de trabalho na rede.

Da mesma forma que 500 de meus colegas, a MARRIOTT – MERIDIEN não pagou as cotizações francesas obrigatórias de seus empregados expatriados. Cinquenta deles, no ano 2000, colocaram o assunto na justiça. Após 10 anos de luta, a rede MARRIOTT – MERIDIEN foi condenada a indenizar esses 50 ex-funcionários, que passaram a usufruir de uma aposentadoria decente.

Com isso se esperava que a hoteleira poderia ter tomado a decisão de pagar espontaneamente os demais funcionários prejudicados, mas não! Portanto, eu e mais 40 de meus colegas envolvidos decidimos processar o Grupo, a fim de fazer valer os meus direitos! Faz 7 anos agora que estamos aguardando que a Justiça Francesa defina nosso caso. Cinco de meus colegas faleceram desde o início desta ação e vários outros estão na miséria total

Não queremos morrer sem que MARRIOTT-MERIDIEN reconheça sua culpa a nosso respeito! Foram dezenas de anos de trabalho para promover a rede hoteleira!

Digam a MARRIOTT que o comportamento dela não tem ética e não respeita os princípios anunciados nas na sua página na Internet. Digam o quanto é desprezível deixarem seus antigos empregados morrerem, com a ajuda de uma justiça lenta! Digam que é imperativo que eles regularizem com urgência esta situação. Por favor, assinem e divulguem esta petição!