Quissamã/RJ-Melhorias dos serviços de distribuição de energia elétrica.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
MATEUS SARAIVA criou este abaixo-assinado para pressionar Raffaele Grandi e

Meu nome é Mateus Monteiro Saraiva, tenho 40 anos, sou casado e tenho 3 filhas, residimos no município de Quissamã/RJ.

Quissamã é um município localizado no interior do estado do Rio de Janeio, com pouco mais de 25.000 habitantes cuja economia tem como matrizes a indústria petrolífera, comércio, agricultura e pecuária.

É óbvio que enfrentamos diversos problemas, mas a falta de energia elétrica é o mais comum, ocorrem verdadeiros "blackouts" no município, as redes de alta tensão entram em curto sem motivo aparente, transformadores desarmam e armam aleatoriamente.

Todos os dias há falta de energia elétrica e o problema não é só na minha residência, nem só em minha rua, ou meu bairro, ele é generalizado, abrange todo o município, inclusive as localidades mais afastadas do centro da cidade.

A companhia distribuidira, a Enel, é sempre acionada por nós e os nossos vizinhos, mas só resolve os problemas pontuais, não há um trabalho preventivo, como por exemplo o redimensionamento da rede, o que também nao ocorre é o abatimento dos valores na conta de energia, nós pagamos pela distribuição constante de energia elétrica, então é isso que devemos receber.

O Natal de 2019 nós passamos sem energia, o reveillon foi exatamente a mesma coisa. 

Os nossos amigos e vizinhos nos relatam perda de equipamentos e máquinas que são levados para perícia da empresa e a reposição não é feita.

O problema com a oscilação também é constante, ora são picos altíssimos de tensão e amperagem ora são picos baixíssimos dos mesmos, é óbvio que isso provoca defeitos nos equipamentos e máquinas elétricas,  enfim, estamos precisando de regularização dos serviços prestados porque não condiz com o valor que nos é cobrado.

Solicitamos soluções definitivas para esse problema da Enel que está afetando a nossa rotina cotidiana.

At.te.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!