Queremos uma casa de apoio para mulheres trans no Campo Limpo

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


Meu nome é Camila, sou uma mulher trans e moro no Campo Limpo, distrito localizado na periferia da Zona Sul de São Paulo. Todos os dias, enfrento diversas barreiras para ter acesso à educação, saúde, cultura e emprego em meu bairro.

As pessoas trans sofrem preconceitos diariamente, seja nas ruas, shoppings, hospitais ou escolas. O pior é que não sabemos para quem recorrer diante dessa situação! Por isso, queremos a criação de uma casa de apoio para mulheres trans na região do Campo Limpo, que ofereça suporte psicológico, educacional, de saúde e apoio para conseguir ingressar no mercado de trabalho. 

Sei que já existe o Projeto Reinserção Social Transcidadania, que oferece oportunidades para pessoas trans em situações de vulnerabilidade, mas ainda não há um espaço seguro para o desenvolvimento dessas atividades. 

Nos ajude assinando esta petição para que a Prefeitura nos escute e nos dê condições dignas.



Hoje: Camila está contando com você!

Camila Mendes precisa do seu apoio na petição «Queremos uma casa de apoio para mulheres trans no Campo Limpo». Junte-se agora a Camila e mais 946 apoiadores.