Confirmed victory

Queremos que a FIFA se comprometa com o Brasil, representado pelo ex-jogador Ronaldo, membro do Conselho de Administração do COL, a garantir espaços específicos ao redor dos estádios na Bahia para as baianas vendedoras de acarajés.

Uma resolução da FIFA proíbe qualquer comércio ambulante num raio de 2 km de todos os estádios da Copa do Mundo. Isso exclui vendedores de comidas tradicionais do Brasil. Eles 'permitem' os acarajés dentro dos estádios, mas não as baianas.

Sou presidente da Associação das Baianas de Acarajé e Vendedoras de Mingau (Abam), em Salvador, e trabalhamos todos os dias na salvaguarda de um dos patrimônios imateriais do Brasil, reconhecido pelo IPHAN, o "ofício das baianas de acarajé". Fazemos cursos, capacitamos, zelamos e orientamos essas mulheres desde 1992.

Claro que segurança, higiene e alimentação saudável devem estar entre as preocupações da organização de um evento tão grande e impactante, mas isso não pode ser influenciado por interesses de patrocinadores, como a rede McDonald's. Eles terão espaço garantido para seus hambúrgueres?

Já há uma comoção nacional em torno do assunto. Além de nós, o presidente do Conselho Estadual de Cultura da Bahia, Márcio Caires (Griô), também pressiona. A notícia já indignou pessoas por todo o Brasil. E agora queremos, através desta petição, que Ronaldo amplifique nossa voz para garantir que a FIFA ouça.

Letter to
Ronaldo Fenômeno (membro do Comitê Organizador Local da Copa) Ronaldo
Diretor de Comunicação do Comitê Organizador Local da Copa Saint-Clair Milesi
Presidente da FIFA Joseph Blatter
and 5 others
Ministro dos Esportes. Aldo Rebelo
Ministro dos Esportes. Aldo Rebelo
Ministro dos Esportes. Aldo Rebelo
Secretário da Secopa Bahia. Ney Campello
Chefe de Gabinete da Secopa Bahia. Líliam Pitanga
Ronaldo,

Na condição de ídolo do futebol nacional e membro do Conselho de Administração do COL, pedimos que se junte a nós e pressione a FIFA para garantir que haverá espaços ao redor dos estádios para comidas tradicionais. Especialmente na Bahia, queremos garantir que as baianas possam vender seus acarajés como estão acostumadas, na rua.

Já há uma comoção nacional em torno do assunto. A Associação das Baianas de Acarajé e Vendedoras de Mingau pressiona, o presidente do Conselho Estadual de Cultura da Bahia, Márcio Caires (Griô), também. E agora queremos que você amplifique nossa voz para garantir que a FIFA ouça.

Você sabe: há uma resolução da FIFA que proíbe comércio ambulante num raio de 2 km de todos os estádios da Copa do Mundo. Isso exclui vendedores de comidas tradicionais do Brasil. Claro que segurança, higiene e alimentação devem estar entre as preocupações da organização de um evento tão grande e impactante, mas isso não pode ser influenciado por interesses de patrocinadores, como a rede de fast-food McDonald's. Eles terão espaço garantido para seus hambúrgueres?

Nos ajude e garanta espaço para a cultura tradicional brasileira, da qual você mesmo faz parte.

Obrigado,