Diálogo com PROGRAD-UNESP para permanência dos alunos Petianos nos grupos PET

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


Os grupos PET FMVZ (Botucatu), Ciências Biológicas (Botucatu), Farmácia (Araraquara), Química (Araraquara), Rádio e TV (Bauru), Produção (Bauru), Biblioteconomia (Marília), Química e Física (Presidente Prudente), Agronomia (Registro) e outros que estejam na mesma situação, vêm por meio deste abaixo-assinado demonstrar sua insatisfação com o ofício circular nº 37/2017 – PROGRAD, divulgado no dia 25 de outubro de 2017, no qual constam duas decisões tomadas de forma autoritária pelo CLAA – Comitê Local de Acompanhamento e Avaliação – da Unesp, desrespeitando a democracia e os preceitos do próprio programa.  

A primeira decisão diz respeito a impossibilidade de ex-tutores se candidatarem aos processos de seleção de tutor. Além de não estar na legislação vigente do MEC que rege os grupos PET, nós, petianos(as) e tutores(as) não concordamos com a medida, visto que esta não passou por nenhum processo de discussão ou votação em nenhum dos encontros do programa. Inclusive, no evento mais recente dos PETs UNESP – Encontro de PETs da UNESP (EPU 2017 – Ilha Solteira) – o assunto não foi abordado em nenhum momento. Consideramos que todos os docentes, ex-tutores ou não, têm o direito de se inscreverem nos processos de seleção para tutor. Além disso é observada, dentro das instituições de ensino, uma baixa adesão e baixo interesse por parte do corpo docente em assumir as responsabilidades de tutoria do grupo. Assim, ex-tutores poderiam sim contribuir novamente no processo de tutoria, considerando sua experiência prévia no grupo.

A segunda decisão diz respeito aos(às) alunos(as) bolsistas “supostamente” irregulares vinculados ao Programa. (Nós acreditamos que este primeiro ofício se mostra extremamente autoritário, e gostaríamos que fosse aberta uma discussão acerca da problemática antes que qualquer medida impositiva seja tomada).

Acreditamos que a melhor alternativa para tal impasse seria uma abertura para discussão entre todos os PETs envolvidos e prejudicados com a medida, para que outras soluções sejam encontradas, ao invés de determinarem um prazo de desligamento para os(as) petianos(as) que entraram por mérito próprio através de rigoroso processo seletivo e que agregam positivamente para seu grupo e para toda a comunidade petiana. Espera-se que com este abaixo-assinado, possamos sensibilizar as autoridades da PROGRAD no sentido de promover diálogo com os grupos PET, para em conjunto tomarmos medidas que não prejudiquem os alunos Petianos até o final de sua formação, independente ou não de bolsa.

 



Hoje: PET está contando com você!

PET precisa do seu apoio na petição «PROGRAD - UNESP: Diálogo com PROGRAD-UNESP para permanência dos alunos Petianos nos grupos PET». Junte-se agora a PET e mais 445 apoiadores.