A prática ilícita de cinemas de proibir entrada com alimentos comprados em outros lugares

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


Inúmeros cinemas pelo país burlam ou ignoram a Lei pois não há fiscalização e nem punição adequada pelas infrações. De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, artigo 39, I, a proibição de entrada com alimentos adquiridos fora das dependências do cinema configura prática de venda casada.

O consumidor tem direito de optar pela compra de alimentos no local que escolher, podendo adquiri-los no próprio cinema, em outros locais ou trazê-los armazenados para consumo durante a exibição do filme.

A fixação de cartazes e avisos inibindo o consumidor de entrar com determinados alimentos, tidos como comuns, tais como sanduíche, Milk sake, refrigerantes, etc., também é ilegal. 

Tal prática se torna mais comum em cidades pequenas onde a atuação do Procon é mais fraca na questão de fiscalização.

Venha mudar estar realidade e garantir seus direitos!!!! 



Hoje: Diego está contando com você!

Diego Ezequiel de Morais precisa do seu apoio na petição «Procon: Liberdade de entrar em cinemas com alimentos comprados de fora». Junte-se agora a Diego e mais 7 apoiadores.