Processem quem faz ameaças de morte e incitação ao crime no caso Marielle Franco

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 15.000!


Dezenas de indivíduos estão se aproveitando do assassinato da vereadora Marielle Franco para fazer ameaças de morte, apologia ao crime e incitação à violência e ao homicídio na internet. 

Eles têm como alvo outros políticos, pessoas que os questionam no Facebook e apoiadores da vereadora. Isso é crime, não importa se você é de esquerda, de direita ou no que acredita. 

Quem faz ameaças de morte pode ser preso, enquanto quem faz apologia ao crime pode pegar de 3 a 6 meses de cadeia e sofrer multa. Marielle foi assassinada com 4 tiros na cabeça no dia 14 de março, no Rio de Janeiro (leia a reportagem). 

Clique e assine esta petição para denunciar estas pessoas para a Polícia Federal e o Ministério Público. Exijo que as autoridades investiguem estes casos.

Também quero que o Facebook expulse estes indivíduos para sempre de sua rede social. Estas pessoas começam com ameaças na internet, mas não param por aí - eu não duvido que eles são capazes de crimes muito mais graves.

Optei por não divulgar os nomes dos criminosos para evitar que eles fujam. Mas se a polícia abrir um inquérito, tenho os nomes e perfis de cada um deles e posso entregá-los para as autoridades.



Hoje: Naiara Santos está contando com você!

Naiara Santos precisa do seu apoio na petição «Processem quem faz ameaças de morte e incitação ao crime no caso Marielle Franco». Junte-se agora a Naiara Santos e mais 13.470 apoiadores.