Ministra Cármem Lúcia, Não a revisão de prisão após julgamento em segunda instância

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


A Justiça brasileira avançou recentemente ao decidir que os condenados  em segunda instância devem cumprir suas penas.

Reverter essa situação, não será apenas retroceder a uma situação que já existiu por muitos anos. Reverter essas situação é aumentar as diferenças na sociedade brasileira que não manda para as cadeias aqueles condenados ricos, pois esses possuem dinheiro para solicitar recursos indefinidamente.

Os condenados em segunda instâncias devem começar cumprir pena imediatamente. Se o condenado quiser recorrer que o faça cumprindo sua pena.



Hoje: Adriano está contando com você!

Adriano Capobianco precisa do seu apoio na petição «Presidente do Superior Tribunal Federal - Ministra Cármem Lúcia: Ministra Cármem Lúcia, Não a revisão de prisão após julgamento em segunda instância». Junte-se agora a Adriano e mais 1.438 apoiadores.