Exmo Presidente Jair Bolsonaro SALVE ISABELA- Há 7 anos pedindo socorro!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


Há quase 7 anos em nossa Página Salvem Isabela/Facebook clamamos por socorro e atenção dos órgãos e autoridades do Poder Judiciário, Legislativo e Executivo em relação a proteção de Isabela. Minha filha crônica pulmonar, nascida e criada no Brasil, cujo o pai de nacionalidade francesa, não obedece as ordens médicas e a cada retorno de visita de férias e visitas, Isabela retornava com graves hematomas e piora pulmonar. Tudo devidamente relatado por especialistas idôneos e fotografados os hematomas. Mencionado em 6 crimes pelo Ministério Público Estadual e investigado na CPI dos maus tratos infantis, no último mês de abril, o TJSP- da Capital inverte a guarda de Isabela. Sua mãe não tinha defesa, conforme a CF prevê e Isabela NUNCA foi ouvida; Magistrada ignorou o Art 227 da CF, assim como o ECA e todas as proteções que uma criança tem por Direito neste Estado democrático. Isabela já poderia ter ido a óbito, foi internada diversas vezes por causa do pai que lhe ocasionou piora pulmonar e atualmente está em risco nas mãos de quem já ameaçou mata-la. A ameaça ocorreu em 2O12 diretamente a mim, mãe de Isabela. Tivemos esgotamento de órgãos no Brasil e Clamamos ao Presidente da República que tomará posse em Jan/2O19 para que mediante a posição de chefe de Estado possa solicitar a atenção do Tribunal e Ministro da Justiça para que Isabela não seja levada contra sua vontade para a França e de retornar á sua mãe até que os crimes mencionados pelo MPE sejam apurados, para que Isabela tenha retorno a seu tratamento idôneo e a proteção de sua mãe. Afirmo ter provas audio visuais que comprovam irregularidades no processo. Clamamos por socorro por Isabela. Obrigado a todos que assinarem



Hoje: Helena está contando com você!

Helena Ramos precisa do seu apoio na petição «presidenciatj@tjsp.jus.br: Presidente Jair Bolsonaro SALVE ISABELA- Há 7 anos pedindo socorro!». Junte-se agora a Helena e mais 284 apoiadores.