Vitória confirmada

Contra a destruição da natureza no Farol da Barra

Este abaixo-assinado foi vitorioso com 153 apoiadores!


Quem frequenta o Farol da Barra para prestigiar o pôr do sol, sabe a importância que esse lugar tem. Todos os dias, inúmeras pessoas ocupam o ambiente atrás do Farol para sentar na grama, conversar, escutar um som, meditar, sentir o vento, a natureza, a paz e, como dito anteriormente, vislumbrar a beleza do pôr do sol. O ambiente é realmente muito agradável, ao ponto de esquecermos os problemas que nos assolam na vida cotidiana. Por isso, o local tornou-se uma área de lazer.
Diante disso, podemos fazer uma relação muito importante com a saúde de cada pessoa que frequenta o ambiente. Saúde, muito além da concepção biomédica de ausência de doença, é um complexo biopsicossocial. Estar atrás do Farol para fazer tudo o que foi citado anteriormente, ajuda na saúde mental das pessoas, o que, consequentemente, ajuda na saúde como um todo, pois, é sabido e comprovado diante de estudos que a natureza nos proporciona diversos benefícios, como por exemplo melhor desempenho físico e mental, alívio do estresse e diminuição das chances de se desenvolver doenças.
Recentemente, a Prefeitura Municipal do Salvador iniciou uma reforma aos arredores do Farol da Barra. Há poucos dias, houve a destruição do ambiente natural que se encontra atrás do mesmo. Retiraram a grama existente para a construção de uma arquibancada e a instalação de barras de metal, sem ao menos consultarem a população (principalmente os frequentadores do local). Com isso, houve a diminuição do espaço para a ocupação das pessoas e, além disso, quando o sol de verão vier, não haverá a possibilidade das pessoas se sentarem no concreto e, ainda por cima, receberem o forte calor das barras de metal. Partindo dessa agressão à natureza, pode-se interpretar que esse absurdo interfere também na saúde das pessoas. Não podemos aceitar calados que destruam um ambiente natural tão rico, que nos retire a possibilidade de uma visão ampla da paisagem e até mesmo a capacidade de estar no local.
Por isso, em nome da preservação do nosso ambiente natural e do benefício que ele nos traz, pedimos à Prefeitura Municipal do Salvador que essa situação seja contornada, que retirem as arquibancadas e barras de ferro e nos devolvam a nossa grama.



Hoje: Talia está contando com você!

Talia Santos precisa do seu apoio na petição «Prefeitura Municipal do Salvador/ Prefeito ACM Neto: Contra a destruição da natureza no Farol da Barra». Junte-se agora a Talia e mais 152 apoiadores.