Retorno das Atividades do Integral , Berçário e Infantil

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


Nós, Responsáveis pelas escolas da cidade de Uberlândia e região, e os RESPONSÁVEIS LEGAIS dos MENORES que frequentam e dependem do atendimento das escolas particulares com Serviços de Cuidados, Alimentação das crianças de 0 a 5 anos, chamado como PERÍODO INTEGRAL, HOTEL ESCOLA e BERÇÁRIOS, viemos através deste, manifestar nossa URGÊNCIA AVALIAÇÃO DA SITUAÇÃO DAS ESCOLAS PARA UMA POSSÍVEL REABERTURA DE FORMA GRADUAL, COM ORIENTAÇÃO DE TODAS AS MEDIDAS DE PROTEÇÃO PARA  NOSSOS ALUNOS, COLABORADORES E FAMILIARES 

Entendemos que as famílias que estão retornando ao trabalho, autorizado pelo próprio município, não tem onde deixar seus filhos para exercerem suas funções no mercado de trabalho, inclusive muitos deles, estão na linha de frente como hospitais, farmácias, mercados, bombeiros e policiais. Reforçamos que nosso atendimento são classificados como ESSENCIAIS, para que seus responsáveis se comprometam em seus trabalhos e para que  possamos EVITAR que essas crianças, fiquem na casa dos AVÓS QUE FAZEM PARTE DO GRUPO DE RISCO. Por esse motivo, reivindicamos o retorno IMEDIATO dessas turmas.

Estamos seguindo Todos órgãos competentes, OS SINDICATOS  DOS PROFESSORES  RECREADORES já posicionaram, O PROCON já recomendou descontos, e até o presente momento, ninguém ouviu a parte das ESCOLAS PARTICULARES, muitas não vão conseguir manter seus compromissos, e manter-se aberta, gerando empregos e a situação, vem se agravando pois, a única ajuda que temos é do governo federal, mas que em troca de usarmos das medidas emergenciais, dificulta depois a demissão, pois há garantia de estabilidade. Gostaríamos que os órgãos competentes possam ver a situações das pequenas e micro empresas, como : Ajuda em recursos financeiros, verbas municipais, algum auxílio, isenção de impostos, Validação dos Atos Pedagógicos da Educação Infantil, Medidas definidas a serem providenciadas para o retorno do Regime Presencial, Possível data para retorno para segurança dos responsáveis pelas crianças; Sugestão do Calendário para o retorno das Aulas Presenciais; Alinhamento dos órgãos municipais e sindicais perante a realidade das escolas privadas em relação à COVID-19, e que seja alinha as nossas realidades, principalmente a de pequeno porte;