Problemas da saúde pública de Campinas , como VOCÊ pode ajudar!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


Nós, alunos do 8ºA do Instituto Educacional Colégio Crescer, queremos reivindicar, através desta petição, a melhora do sistema de saúde público em Campinas. Nosso objetivo com esse texto é reivindicar o aprimoramento no atendimento dos hospitais públicos, pois neles há muita demora, o atendimento é pouco humanizado além de faltarem medicamentos.

 Segundo pesquisas feitas pelo SIPS (Sistema de Indicadores de Percepção Social) cerca de 40% das pessoas que contratam convênio médico, em Campinas, é por conta da demora nos atendimentos. Além dessas pessoas, muitas outras reclamam da longa espera, enquanto grande parte da população não tem como pagar por uma saúde privada. Por conta da longa espera por atendimento médico, muitas pessoas acabam não resistindo à doença e acabam por falecer ou agravar sua situação. Mesmo que os pacientes consigam uma consulta em um prazo aceitável, nem sempre recebem um atendimento humanizado que é o respeito ao qual todo cidadão deve ter como direito.

Outro aspecto que provoca muita insatisfação é a falta de medicamentos. No início do ano, segundo levantamento feito pela ESAMC, faltavam cerca de 29 tipos de remédios e sem previsão de chegada. Com isso, muitos pacientes que dependem de algum tipo de medicamento podem vir a óbito pela falta do mesmo, o que é inaceitável, visto que todo cidadão brasileiro tem direito à saúde, conforme diz a Constituição Brasileira. Um dos muitos exemplos desse problema é a falta de medicamentos, na farmácia de alto custo para esclerose múltipla, que causa paralisia e perda da visão. O remédio Gilenya, que atrasa essa doença terminal, custa cerca de 8 mil reais e não estava disponível nem na prateleira nem no bolso do contribuinte, segundo a mesma fonte.

          Nossa petição para solucionar esses problemas é a instituição de leis pela Prefeitura de Campinas que estabeleça um tempo mínimo de espera para ser atendido e medicado nos hospitais. É igualmente importante que leis obriguem os postos de saúde a fornecerem medicamentos no prazo devido.

Após apresentarmos esses problemas relacionados à saúde pública de Campinas, contamos com a sua contribuição, leitor, a fim de apoiar a nossa petição, assinando-a para que consigamos um grande número de assinaturas capazes de pressionar nossos governantes municipais, Prefeito e Vereadores, e transformar a saúde pública na nossa cidade.