Abaixo-assinado encerrado

#ficaemocoes : Não ao Decreto de desapropriação do Emoções da Rocinha.

Este abaixo-assinado conseguiu 1.630 apoiadores!


No dia 12 de Junho de 2017, o prefeito Marcelo Crivella declarou, para fins de interesses sociais, a desapropriação total do imóvel localizado na Estrada da Gávea, nº 577 – São Conrado, necessário à execução de projeto do Programa "Minha Casa, Minha Vida":

 

Indicado de maneira fria no Decreto o endereço pode nada representar, mas no local funciona a Casa de Shows “Emoções da Rocinha”, conhecido por abrigar o baile Funk mais antigo e mais famoso da Zona Sul da Cidade.

 

Além de abrigar o baile Funk mais tradicional da Zona Sul, o “Emoções da Rocinha”, último reduto do Funk atualmente em funcionamento nas comunidades carentes do Rio de Janeiro, é o único espaço desse tipo em localizado em comunidade totalmente regularizado pelos órgãos públicos.

 

O Funk carioca, obra prima não incentivada, foi a maior forma de expressão autoral do morador de comunidade. Mais do que isso, por meios de suas letras o Funk permitiu que a realidade dos moradores de comunidade chegasse ao conhecimento de toda a sociedade.

 

No início da década de 90, o “Emoções da Rocinha” foi um dos estabelecimentos pioneiros a acreditar neste movimento cultural investindo em concursos dos conhecidos “Mc's”. Nomes como MC’s Marquinho & Dolores, Big Rap & Luciano e Junior & Leonardo foram descobertos nestes eventos promovidos no local. Jovens que saíram da comunidade da Rocinha ganharam notoriedade nacional e internacional através de sua música, dança e sua expressão cultural.

 

Estes cantores e compositores fizeram parte da época de ouro do Funk, quando o foco das composições eram o amor e a aceitação, sendo que neste momento o “Emoções da Rocinha” sempre abriu suas portas para os artistas que quisessem disseminar a paz e difundir sua arte.

 

Sendo a pedra fundamental do movimento do Funk carioca, o “Emoções da Rocinha” ajudou a criar um mercado de trabalho que ofereceu e continua oferecendo novas perspectivas aos jovens e adolescentes de ontem e de hoje.

A decisão de desapropriação do imóvel, implicará não somente no fechamento da casa de Shows Emoções, que opera regularmente há 30 anos como propulsor e investidor de cultura e expressão social à comunidade da Rocinha, mas também como fonte de renda daqueles que se beneficiam com as oportunidades de trabalho geradas enquanto negócio.

 

A 22 anos, o Emoções da Rocinha abriga uma feira de comércio de roupas realizada dentro de sua sede com aproximadamente 200 expositores, que em sua grande maioria necessitam desta iniciativa enquanto fonte de renda para sustento próprio e de suas famílias. 

 

Enquanto mercado de trabalho, precisamos frisar também a presença de um estacionamento com 300 vagas dentro dos limites do terreno prestes a ser desapropriado: Um local que emprega não só trabalhadores diretos, como resta também enquanto opção segura para guarda de veículos a todos os moradores e visitantes da localidade.

 

Em sua agenda, o "Emoções da Rocinha" não se propõe exclusivamente ao apreço do estilo de música Funk, dando espaço também a artistas das mais variadas vertentes como o Pagode e Forró, realizando com habitualidade atividades à artistas e profissionais em seu cronograma.

 

 Este é o local que agora está em vias de ser extinto. Sem nenhum exagero, pode-se dizer que o fechamento do “Emoções da Rocinha” significará o fim de um berço da cultura de nossa cidade e de um ícone para a maior comunidade carente do Brasil. Enfim, os jovens e adolescentes, principalmente da comunidade da Rocinha deixarão de ter ali um palco de oportunidades para uma vida melhor.

 

Com esse abaixo assinado queremos dizer que a desapropriação de um espaço cultural totalmente regularizado e em funcionamento a 30 anos na favela, é um desrespeito ao trabalhador brasileiro e também um apagamento da cultura do Funk Carioca.

 

Assine esse abaixo assinado e nos ajude a sensibilizar o Prefeito Marcelo Crivella a revogar o Decreto de Desapropriação do “Emoções da Rocinha”.



Hoje: Wagner está contando com você!

Wagner Beta precisa do seu apoio na petição «Prefeitura do Rio de Janeiro Prefeito MarceloCrivella: Vamos dizer não ao Decreto de desapropriação do Emoções da Rocinha.». Junte-se agora a Wagner e mais 1.629 apoiadores.