Decision Maker Response

Prefeitura de São Paulo’s response

Jun 23, 2016 — A paciente Maithe com diagnóstico de Síndrome de Rett vem sendo assistida pelo SUS em suas necessidades em diversas unidades, recebeu cadeira de banho, órteses e cadeira de rodas adaptada pela entidade referência no tratamento, a AACD. Desde 2014, a criança vem realizando tratamentos de fisioterapia, equoterapia e terapia ocupacional em várias unidades de saúde. Maithe é tratada no Núcleo Integrado de Reabilitação (NIR) Arthur Alvim, no setor de fisioterapia, e na Santa Casa. Durante 3 vezes por semana, a criança também foi inserida na “Clínica Escola” em universidade para realizar Equoterapia, no Cenha. A criança recebeu alta do tratamento e foi inserida em fila de espera para o tratamento por apresentar critérios de inclusão. Por possuir características de autismo, Maithe também passou pelo CAPSi (Centro de Atendimento Psicossocial), que possui a especialidade de TO, porém a paciente não continuou no serviço.
Durante as primeiras sessões de fisioterapia em setembro de 2014, foi providenciada a solicitação de OPM (cadeira de rodas, cadeira de banho e órteses suropodálicas) para auxiliar a prevenir evolução de deformidades. As OPM’s foram concedidas cadeira de banho (concha), par se órteses suropodálicas e Cadeira de Rodas - Adaptada pela AACD. Neste período, a criança ganhou uma cadeira adaptada de doação e faz uso dela desde então.

Em janeiro de 2015, chegou a cadeira de rodas adaptada, de acordo com os critérios médicos que a paciente necessita. A adaptação foi realizada com os profissionais da AACD e com a equipe médica que acompanha a Maithé, considerando as características motoras ainda presentes na paciente. A cadeira solicitada foi entregue, mas a mãe não considerava mais necessário o tipo/modelo de cadeira e não aceitou a entrega. O SUS integrou as avaliações por onde Maithé passou para oferecer a cadeira que se adaptasse às necessidades de saúde que a paciente necessita, cumprindo critérios médicos e da AACD. O SUS também orienta a família a realizar estímulos domiciliares como parte do tratamento, critério que a cadeira adaptada oferecida também permite cumprir.