Duplicação da Avenida Protásio Alves - Trecho Caminho do Meio POA

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!


Maior avenida de Porto Alegre, a Protásio Alves liga diversos bairros da cidade e é trajeto todos os dias para milhares de trabalhadores, estudantes e cidadãos em geral da capital, de Alvorada e de Viamão. No entanto, as más condições de sua infraestrutura e os congestionamentos diários que podem levar mais de hora de muita paciência - sobretudo no seu trecho final, se agravando após a Av. Manoel Elias em direção ao Caminho do Meio - diminuem a qualidade de vida de todos que se utilizam dela, indo ou retornando de seu serviço, seu estudo ou qualquer outro compromisso.

É fácil notar o motivo. A infraestrutura viária está claramente defasada. Essa região em que moro, que até 15 ou 20 anos atrás possuía sítios e chácaras, vem passando por um intenso processo de urbanização e especulação imobiliária. Grandes condomínios e loteamentos foram e estão sendo construídos nos últimos anos e há um aumento demográfico na região mas não houve desde então nenhum grande projeto de alargamento/duplicação da pista que tenha saído do papel.

O que antes era um trecho quase rural hoje é uma das principais entradas/saídas de Porto Alegre, ligando Viamão e Alvorada. 

Há trechos quase sem acostamento nem calçada, somente com uma estreita faixa de terra entre o asfalto e muitas vezes o mato adjacente à pista, piorando em dias de chuva ao comprometer a segurança dos pedestres, em especial crianças, idosos e pessoas com mobilidade reduzida. Ciclofaixas ou ciclovias também são uma distante fantasia para algum ciclista aventureiro e a ausência de corredor ou faixa exclusiva para ônibus desestimula o uso do coletivo, que não raras vezes está atrasado, devido aos grandes e diários congestionamentos.

Já houve projeto e recurso para a realização da duplicação. Porém, a verba liberada foi perdida. Essa é uma demanda de muitos anos da comunidade que convive com os congestionamentos e desvalorização da região devido à morosidade do Poder Público, da Prefeitura e do Governo do Estado. Obras de duplicação do trecho são muito necessárias e necessitam ser pautadas pelas autoridades. Do contrário, esse problema se manterá por anos e anos e tende a se agravar!

Assine essa petição para pressionarmos o Poder Público!

É preciso mudança e nossos impostos devem ter um mínimo de retorno para a comunidade!!!