Abrigo Temporário para Moradores de Rua

Abrigo Temporário para Moradores de Rua

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
Mari Zamora criou este abaixo-assinado para pressionar Prefeitura de Porto Alegre e

Em grupo, pensamos em um projeto que ajudaria os moradores de rua. Projetamos um prédio que receberia um grande número de moradores de rua para que tivessem moradia digna e se habilitassem para procurarem emprego. Assim, teriam uma renda mínima para se sustentarem e, dentro de algum tempo, não precisariam mais da instituição. O prédio também contaria com um centro de ajuda, onde seria oferecida assistência psicológica às pessoas mais afetadas mentalmente, e um refeitório, onde seriam servidos as refeições diárias.

Nosso grupo projetou um edifício para as pessoas necessitadas. No inicio há uma sala principal, que possui acomodações para um bom descanso e recuperação, juntamente da sala se encontra a lavanderia, a qual está sempre em funcionamento para todos poderem lavar suas roupas, ao seu lado também há um banheiro. Nessa ala do cômodo temos uma conexão direta ao refeitório para que assim consiga se conter todos moradores possam se alimentar em seus respectivos horários, dentro do refeitório temos uma conexão a um lavabo para manter um nível de limpeza antes e depois das refeições, já ao lado do refeitório se encontra a cozinha, com um espaço suficiente para os cozinheiros terem liberdade de movimentação e estocarem seus alimentos, sempre prezando por uma qualidade e quantidade para que todos conseguirem comer direito. Durante os vários andares se encontram os aposentos dos inquilinos e alguns banheiros por andar, suficientemente para conseguir atender a todos. Já os quartos possuem apenas o necessário para o conforto dos moradores.

Nosso grupo percebeu a importância da existência de um local de ajuda para pessoas mentalmente desestabilizadas, obviamente devido às diversas situações que os possíveis moradores já passaram antes. O projeto do condomínio para pessoas desabrigadas contará com um centro de acompanhamento mental, tendo terapia tanto individual quanto em grupo e constantes exames toxicológicos, de modo a encaminhar e reabilitar os moradores de volta a sociedade.

Os moradores poderiam entrar se seguirem os seguintes critérios:

1 - Os moradores do alojamento poderão ficar até um ano sem precisar pagar por suas despesas. Caso este queira aumentar o prazo, ou morar permanentemente, terá de pagar o aluguel.
2 - Todos os moradores devem ajudar na manutenção do prédio, como na limpeza dos cômodos e no preparo das refeições.
3 - Se o antigo morador de rua não demonstrar interesse em suas atividades e/ou em sair do condomínio para melhorar sua qualidade de vida, este será convidado a se retirar.
4 - Todos os moradores devem ser encaminhados para o centro de ajuda psicológica, assim, será possível identificar alguma doença ou vício em drogas, que poderá ser acompanhado e tratado.
5 - Ao sair do alojamento e conseguir uma vida melhor, como ter uma casa e um emprego, o antigo morador de rua terá de pagar uma determinada quantia pelo tempo que ficou e pela ajuda que recebeu durante sua estadia.

 

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!