Pelo direito de trabalhadores do SUAS como grupo prioritário na fase inicial da vacinação

Pelo direito de trabalhadores do SUAS como grupo prioritário na fase inicial da vacinação

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!
Com 500 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
Yvi Leíse Rosa Calvani criou este abaixo-assinado para pressionar Prefeitura de Londrina

A pandemia COVID-19 trouxe inúmeros para as políticas públicas que atendem a população brasileira, principalmente no que se refere à Seguridade Social. Diante disso, no Decreto 10.282/2020, que estabelece Estado de Emergência em Saúde Pública decorrente da pandemia de Covid 19, a Política de Assistência Social foi considerada serviço essencial. Isso significa que seus serviços não fecham as portas, e tiveram atendimento intensificado diante do aumento exacerbado das demandas apresentadas.

Em todo o ano de 2020 seus serviços, programas, projetos e benefícios socioassistenciais foram ampliados para o atendimento da população do país afetada pela pandemia. Os efeitos da pandemia tiveram impacto imediato no agravamento das desigualdades sociais e rebateram frontalmente em grandes contingentes populacionais, com a perda de postos de trabalho do mercado formal e informal, redução de salários, maior precarização das relações de trabalho, escassez de trabalho mesmo na modalidade esporádica, entre outros. Além disso, foram crescentes as demandas advindas da população em situação de rua e de vivências de violência familiar.

Esse contexto, complexo na natureza das demandas e na ampliação dos contingentes populacionais que requisitaram atendimento nas unidades dos serviços socioassistenciais, exigiu dos trabalhadores e trabalhadoras dessa política a intensificação do seu processo de trabalho na linha de frente do atendimento direto, com o aumento de até 400% no volume de atendimento - só na rede de Proteção Social Básica - e tem colocado cotidianamente suas vidas e de seus familiares em risco.

Dessa forma, considerando a essencialidade dos serviços dessa política, no atendimento direto à população, manifestamos a necessidade da revisão da decisão da não inclusão desses trabalhadores e trabalhadoras nas fases iniciais da vacinação conta o Covid-19 no município de Londrina/PR, com vista a assegurar a proteção daqueles que tem atuado de forma continuada na linha de frente da pandemia. 

Afirmamos ainda a defesa intransigente pela universalização da vacinação em todo território nacional. 

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!
Com 500 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!