Devolvam as "dobras" dos professores, já!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!


Os professores da rede municipal de ensino de Belo Horizonte /MG, por meio deste, solicitam ao Prefeito Alexandre Kalil e a Secretária de educação, Senhora Ângela Dalben, a devolução e reparação das extensões de jornadas.
Os cortes das extensões de jornadas dos professores em regência compartilhada, em referências, em atendimento domiciliar bem como em projetos especiais, foi algo extremamente impactante.
Há ainda algo mais preocupante, a questão de professores que estão ficando excedentes, além do desconto no salário de um trabalho realizado. Em plena crise epidemiológica, estamos perdendo todos os nossos direitos!
Nós professores, também estamos em vulnerabilidade!
Fica aqui registrado a nossa preocupação e o apelo de que seja revertido este corte, das dobras/extensões de jornada, pois é o complemento da manutenção de nossos lares, é a alimentação de nossos filhos e familiares. Somos concursados e não nos negamos a trabalhar e o fazemos com amor, empatia, profissionalismo e dedicação.

Dobra não é hora extra , dobra é sobrevivência!
Esperamos contar com a sua nobre postura de compreensão e reparação conosco. Cordialmente,
Professores da Rede Municipal de Educação/ BH