Cadê o resultado denúncia de Racismo em Alagoinhas, Prefeitura?

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


Fui barrado na entrada de uma exposição pública, em 18 de dezembro, por uma funcionária da Secretaria de Cultura de Alagoinhas que me exigiu um convite que não existia. De maneira preconceituosa tentou me impedir de entrar e confessou que me BARROU SIM!  A denúncia foi registrada na delegacia, no Ministério Público e na Ouvidoria Municipal que se recusou a aceitar a denúncia mesmo com testemunhas e provas. Foi aberto processo administrativo, que deveria ter sido encerrado em Maio/2019, mas até o momento o resultado nunca foi apresentado e a funcionária continua sendo protegida pela gestão municipal, configurando racismo instititucional. Diversos agentes municipais ( tentaram me intimidar e deslegitimar minha denúncia. A prefeitura de Alagoinhas vêm a todo este tempo tentando silenciar a exigência da população que é uma tomada de providências cabíveis ao caso. Portanto, CADÊ O RESULTADO DO PROCESSO ADMINISTRATIVO? E QUAL O POSICIONAMENTO DA PREFEITURA? CADÊ A RETRATAÇÃO? CADÊ O RESPEITO? O racismo é uma violência psíquica, simbólica e estrutural que apresenta sua face de maneiras absurdas. Quando uma pessoa é impedida de acessar um espaço público (sem justificativa, com o pedido de um convite que ela sabe que não existe, é deslegitimada e comparada a uma outra pessoa em situação de rua - que também foi expulsa do espaço) existe aí uma tentativa de desumanização e humilhação pública. Quando um governo corrobora e apoia tal atitude, é nítido a sistemática do problema da discriminação na sociedade. QUEREMOS RESPOSTA, RETRATAÇÃO, PUNIÇÃO E RESPEITO. CHEGA DE PRECONCEITO. RACISMO É CRIME!