TRANSPORTE PÚBLICO EM TEMPOS DE PANDEMIA

TRANSPORTE PÚBLICO EM TEMPOS DE PANDEMIA

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
Associação Brasileira do Cidadão criou este abaixo-assinado para pressionar Prefeitos, Governadores e Presidência da República

Aplicação de melhores medidas para a prevenção e contenção do Covid-19 nos transportes públicos: defenda uma prestação de serviço adequada e com respeito aos usuários na pandemia!

O Movimento da aplicação de melhores medidas para a prevenção e contenção do Covid-19 nos transportes públicos tem como objetivo unir vários setores da sociedade em torno de uma causa: melhorar a oferta do transporte público como meio de respeitar o tão necessário isolamento social durante a pandemia. 

A iniciativa foi criada pela Associação Brasileira do Cidadão, que conta com representantes de empresas e também com o apoio de diversos membros da sociedade civil, associados e não associados, para esclarecer a importância de considerar o distanciamento social e a aplicação das regras sanitárias nos transportes públicos, apontando todos os detalhes do cenário vivênciado pela população durante a pandemia que envolve a luta contra o fim do Covid-19 e seus impactos para a Saúde do país e das pessoas.

Temos presenciado que a aglomeração nos transportes públicos tem tido maior desprezo das autoridades, quando determinam as regras para combater o avanço desfreado da pandemia do Covid-19.

Considerando que as autoridades não consideraram a importância da inclusão das medidas do isolamento social também nos transportes públicos, promovendo um grave desrespeito à população trabalhadora e que por vezes é culpada por aglomerações em suas casas, dentre outros locais, sem mensurar que os mesmos arriscam-se nos ônibus, trêm e metrô em seu dia a dia por culpa dos próprios governantes.

Não podemos mais aceitar que a população seja culpada por tamanha irresponsabilidade e penalizada desse modo, onde expondo-se em transportes públicos aglomerados e muitos sem nem contar com álcool em gel para os seus usuários, contribuindo assim para uma maior proliferação do vírus, que apenas a máscara não está sendo capaz de conter os números assustadores dos contaminados e mortos. 

Observando o cenário das UTi's pelo Brasil e a morosidade na vacinação em massa, podemos constatar que é no transporte público aglomerado que muitos tem levado consigo o vírus do Covid-19, seja ao trabalho e as suas famílias e as autoridades nada fazem nesse sentido para frear a proliferação e promover uma segurança adequada aos trabalhadores e cidadãos que utilizam o transporte público como único meio de locomoção, para manter-se economicamente ou por outras importâncias que só a população ciente dos riscos da pandemia sabe o quão deve-se evitar sair de casa.

Isso também não deve ser motivo de tamanha irresponsabilidade ao considerar a diminuição do números das pessoas que devem embarcar para evitar aglomeração, pois daí estaremos diante de mais um colapso: novamente o desreito ao trabalhador e ao cidadão que tem seus compromissos em horários pontuais. 

A OMS já reconheceu a possibilidade de transmissão do Covid-19 por meio de aerossóis que são as microparticulas capazes de se deslocar no ar, o que significa que apenas o fechamento dos comércios, dentre outras medidas, pode ser não suficiente ao considerar a super lotação nos transportes públicos. 

No Brasil, a norma técnica NRB 15570 exige uma taxa de renovação do ar de pelo menos 20 vezes o volume interno útil do ônibus por hora, desconsiderando as poltronas e demais componentes internos. Isso significa que o ar deve ser renovado a cada 3 minutos. Porém, não temos informações de qual é a taxa exata de renovação do ar dentro dos ônibus em operação nas cidades brasileiras. 

Dentre as medidas, propomos: 

- A desinfecção dos veículos a cada parada obrigatória na rodoviária

- Promover a ventilação adequada para atender a norma de renovação do ar

- Fiscalização para que esteja disponível álcool em gel com fácil acesso aos usuários dentro de todos os veículos

- Monitoramento do contágio na população e entre os funcionários do transporte coletivo, permitindo o embarque após testagem da temperatura

- Escalonamento para aumento da circulação de veículos em horários de pico para diluir a demanda. 

Precisamos nos unir para que essas medidas beneficie aqueles que, ao final, só querem o bem maior: suas vidas, de suas famílias e amigos e o fim do Covid-19.

Apoie o movimento, assine e compartilhe a petição! Junte-se a nós na luta pela melhoria nos transportes públicos em tempos de pandemia.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!