O serviço de táxi em Botucatu vai acabar se nada for feito pela Prefeitura.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


Depois que foi aprovado pelo órgão público o transporte de passageiros por aplicativo a classe de taxistas de Botucatu vem atravessando por dificuldades de subsistência. O serviço de transporte por aplicativo além de não oferecer comprometimento remete insegurança. Porém não deixou de conquistar uma pequena parcela da sociedade que opta por esse transporte de valor bem mais barato, colocando em dúvidas as reais intenções desse serviço prestado uma vez que mau cobre suas despesas mais básicas de combustível e manutenção. É fato que muitos que iniciaram essa empreitada de trabalhar no aplicativo já desistiram por atingir seu empirismo. Então qual o fundamento de se aplicar aprovação de tal medida política por uma autarquia, na aprovação de um segmento de transporte que usa da ignorância humana, para se promover e se enriquecer enquanto destrói a vida financeira direta daquele cidadão que resolveu entrar nessa onda, por acreditar no órgão público, já que a aprovação deste serviço tenha partido de lá. Tal medida também veio afetar economicamente os prestadores de serviço como o táxi e moto táxi que a muitos anos vem desempenhando muito bem esse trabalho de atendimento ao transporte público.
Sendo assim vimos pedir aos órgãos públicos e às autarquias responsáveis mais responsabilidade no trato socioeconômico. Esperamos de nossos representantes políticos ações que promovam vida digna ao cidadão de bem e não sub humana. Afinal fazer apenas a um nicho de mercado uma campanha política mesmo sabendo das consequências nos faz acreditar que o lobby das empresas são mais importantes que a harmonia entre a civilização.

Como solução pedimos que revogue a lei que autoriza o uso de transportes por aplicativo na cidade. Caso não seja da sua alçada embora outros prefeitos de outros municípios tenham conseguido impedir tal serviço, que atue pelo menos no combate aos motoristas irregulares e principalmente àqueles que usam como porta de entrada o serviço de aplicativo para oferecer serviços particulares. É sabido que já existe uma lei que puna esse transporte irregular, porém não temos visto muito empenho no tocante à aplicação desta.

Meu nome é Gerson de Oliveira, tenho 54 anos, trabalho com táxi na cidade de Botucatu/SP a mais de 11 anos. Sou formado em tecnologia industrial e trabalhei mais de 20 anos no mercado da indústria. Sou arrimo de família, não sou aposentado e tenho apenas a renda do táxi como sobrevivência.