Justiça nos taxímetros dos táxis adaptados

Justiça nos taxímetros dos táxis adaptados

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
Mônica Figueiredo criou este abaixo-assinado para pressionar prefeito de Belo Horizonte e

 Acontece sempre comigo. Frequentemente preciso de usar os serviços do táxi adaptado de Belo Horizonte, que não tem o taxímetro. Fico à mercê de um preço exorbitante e como não tenho acompanhante, sofro as consequências. Peço a existência dos taxímetros e mais ainda, que os taxímetros sejam aferidos. O táxi acessível não é privilégio é uma necessidade. Os protocolos contra a COVID não são cumpridos. Os motoristas não tem nenhum treinamento para auxiliar os portadores de deficiência. O serviço não é prestado 24 horas por dia. Além de outras irregularidades. Se eu tivesse dinheiro, não andaria de táxi, teria um motorista particular. Eles cobram até para "ajudar" e sai caro. A solidariedade tem preço. Não sou só eu quem sobre por esse motivo, são vários cadeirantes.  Então se você é como eu que não gosta de injustiças me ajude a fazer com que esse documento chegue nas mãos do prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil. Assine, por favor. https://www.youtube.com/watch?v=LccdDDqhXgM 

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!