Apoio ao pedido de autorização aos serviços de beleza e estética.

Apoio ao pedido de autorização aos serviços de beleza e estética.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!
Com 1.000 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
Francielle Campanari criou este abaixo-assinado para pressionar Prefeita Vera Lúcia Morena ; Promotores de justiça: Owen Miuki Fijiki, Jess Paul Taves Pires

Viemos através de uma Associação Livre de Trabalhadores da Área da Beleza e Estética
do Município de Osvaldo Cruz, representantes de seus Designers de Sobrancelhas,
Cabeleireiros, Barbeiros, Manicures, Pedicures, depiladoras e outros profissionais individuais que dependem de seus serviços, associados
particularmente e sob livre vontade, requerer respeitosamente à presença de
Vossa Senhoria solicitar autorização para realização de atendimentos
individuais e sob as mais rígidas normas de higiene de acordo com a Organização
Mundial de Saúde preconiza.

Através desta, gostaríamos de defender nosso direito conforme a Declaração Universal
dos Direitos Humanos, promulgado pela ONU em 1948:

Artigo23: todo homem tem
direito ao trabalho, á livre escolha de emprego, a condições justas e favoráveis de trabalho e à proteção contra o desemprego.

 

Frente a realidade enfrentada em nosso município e por sua obrigação de cessação de nossos serviços, esclarecer a quem possa, que;

-Serviços de Beleza não podem ser entregues no formato delivery;

-Serviços de Beleza não podem ser realizados remotamente;

-Serviços de Beleza geram única e exclusiva renda de sua
prestação;

-Serviços de Beleza são regidos por regras de sanitização
prévias que sempre foram seguidas e exigidas mesmo antes da pandemia e podem
ser fiscalizadas;

 

Gostariamos de esclarecer ainda, frente ao Município e a quem possa interessar o papel
profissional de cada trabalhador, que, indiscriminadamente teve tolhido seu
direito ao trabalho e ao sustento. Generalizados frente a uma realidade estadual diferente da aferida em nosso município e desconsiderada pela administração.

Frente ao enfrentamento ao Covid-19, esclarecemos a possibilidade de trabalho e regras
seguidas por cada profissional:

- tem controle sobre sua agenda, atendendo apenas com confirmação;

- rígido controle e assepsia dos materiais e ambiente, limpeza
com álcool 70 das bancadas, cadeiras, pentes e utilizando materiais
descartáveis;

-  preza por todos os protocolos exigidos, atendendo um cliente por vez, sem espera, sem aglomeração,com intervalo de higienização entre seus clientes;

- tapete higiênico na entrada, dispondo de álcool em gel 70% na entrada, e em pontos do estabelecimento e usando obrigatoriamente máscara durante todo o contato.

Pedimos ainda a reconsideração de nossos serviços, e salientar, que, de acordo com o Decreto Federal 10334/2020, institui serviços de Beleza
como essenciais, entendimento adotado pelo Município e regulamentado durante
toda a fase Vermelha do ano anterior, entendido ainda em vários outros municípios do Estado para a liberação de sua atividade.

Esclarecidos e exposta a possibilidade de realização de nosso trabalho, de forma digna, decente e criteriosa, dentro das normas e assumindo o compromisso de membros ativos de nosso município para prevenção da propagação
do Covid-19, salientamos, a impossibilidade de ganhos ante a realidade imposta atualmente: sem receita; com tributação ativa; sem políticas públicas que nos apoie; muitos com funcionários e sem possibilidade de manutenção e impedidos de
realizar a única atividade possível.

Diante disso, pedimos que o município, sob sua responsabilidade, nos permita voltar a trabalhar e regulamente os atendimentos, conforme
necessidade e padrões de segurança por nós expostos.

Certos de sua compreensão , assinamos e aguardamos retorno. 

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!
Com 1.000 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!