Abaixo-assinado encerrado

Apoie a criação da Unidade de Conservação do Ribeirão do Eixo

Este abaixo-assinado conseguiu 1.984 apoiadores!


Ribeirão do Eixo, comunidade pertencente à cidade de Itabirito, situada no Quadrilátero Ferrífero, vive diversos desafios. A vegetação, os animais e as águas de diversas nascentes que abastecem a comunidade são recorrentemente ameaçadas pelos impactos irreversíveis de atividades minerárias. Além de abastecer a comunidade, o córrego Ribeirão do Eixo é um importante afluente do Rio das Velhas. A implementação de pilhas e extração de minérios, proposta da mineradora Aston Martins Participações, coloca em risco esse importante aquífero no qual a disponibilidade hídrica superficial é de grande importância para o Velhas e para o abastecimento da comunidade e outras diversas pessoas situadas em Belo Horizonte e Região Metropolitana.

Os projetos encontram-se na sub-bacia do Ribeirão do Silva, Alto Rio das Velhas, conhecida e importante região de cabeceira. A área é prioritária para a conservação da biodiversidade da Mata Atlântica, bioma este que originalmente ocupava mais de 1,3 milhões de km² em 17 estados e hoje, após intensas atividades e ocupações antrópicas, foi deixado com apenas 29% de sua cobertura original.

Em diversas visitas técnicas, o Projeto Manuelzão, com a ajuda de moradores, mapeou e caracterizou 21 das 62 nascentes existentes na região. Realizou trabalhos com a comunidade, encontros, cursos e oficinas; além do trabalho com professores e estudantes da Escola Rural de Ribeirão do Eixo. Foram abordadas várias temáticas relativas ao ambiente local e o relatório final do trabalho, entregue ao Ministério Público através da Plataforma Sementes, deixa clara a importância e a conexão da comunidade com as nascentes, com as áreas verdes, com a história e com as águas produzidas no Ribeirão do Eixo.

A comunidade e o Manuelzão consideraram, como um procedimento cabível para a conservação da flora, fauna e das águas a criação de uma Unidade de Conservação (UC) em Ribeirão do Eixo, tornando-a um Monumento Natural, onde por Lei (Lei 9.985/2000), a modificação dos aspectos naturais por intervenção humana é proibida.

A Prefeitura se mostrou disposta a ouvir e após reuniões com alguns moradores apoiou e levou a diante à criação da Unidade de Conservação em Ribeirão do Eixo. Uma consulta pública online será realizada na sexta-feira (7), sobre a criação de unidade de conservação em Ribeirão do Eixo e manifestações de apoio à proposta serão colhidas até a próxima quarta-feira (12).

Apoie a criação da Unidade de Conservação do Ribeirão do Eixo!



Hoje: Projeto está contando com você!

Projeto Manuelzão precisa do seu apoio na petição «População de Ribeirão do Eixo: Apoie a criação da Unidade de Conservação do Ribeirão do Eixo». Junte-se agora a Projeto e mais 1.983 apoiadores.