Ajudemos a estancar nossa Crise Financeira Repatriando os recursos não declarados à RFB

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


Naturalmente quando nos descontrolamos financeiramente, sobretudo pelo fato do nosso salário não ser reajustado em conformidade com a correção monetária, recorremos aos empréstimos consignados, de forma que sofremos ainda mais o arrocho financeiro familiar. Todavia nesses tempos em que a sangria do dinheiro público por políticos corruptos fizeram o País mergulhar em profunda Crise Econômica, e em consequência fez com que as Taxas de Juros dos Bancos, juntamente com a carga tributária aumentassem efusivamente, muitos pais de família não estão conseguindo equilibrar seus orçamentos mensais mediante a ajuda de empréstimos bancários! Pelo contrário: ao recorrermos aos bancos nos deparamos com taxas tão altíssimas que sequer conseguimos levantar os recursos de que precisamos, de forma efetiva. Nasce assim uma interessante e possível forma de ajudar a combater a Crise Financeira Brasileira e sobretudo aliviar a nossa dificuldade financeira familiar, esta que surge como um efeito dominó devastador: "É fazendo com que seja repatriado todo e qualquer recurso financeiro que tenha sido enviado para contas no exterior e que, ou não foram declarados à RFB, ou se foram, houve uma declaração suspeita de ter sido fraudada. A Operação Lava Jato já vem se esforçando nesse sentido. Mas a RFB precisa apertar o cerco aos políticos e funcionários públicos corruptos que possuem recursos financeiros no exterior de forma não declarada ou se declarada, que seja suspeita de fraude.



Hoje: Benur Wanderley Miranda está contando com você!

Benur Wanderley Miranda da Silva precisa do seu apoio na petição «Polícia Federal e MPF: Ajudemos a estancar nossa Crise Financeira Repatriando os recursos não declarados à RFB». Junte-se agora a Benur Wanderley Miranda e mais 11 apoiadores.