PERMANÊNCIA DA MISSÃO EVANGÉLICA CAIUÁ NA SAÚDE INDÍGENA NOS DISTRITOS DA REGIÃO NORTE.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


Os abaixo-assinados, funcionários conveniados da Missão Evangélica Caiuá e nós indígenas, usuários dos serviços prestados pelos funcionários contratados e conveniados da Missão Caiuá, dos Estados de Rondônia, Amazonas e Noroeste do Mato Grosso solicitamos a Presidência da Missão Evangélica Caiuá e Diretoria a permanência e continuidade desta Entidade no desenvolvimento dos trabalhos realizados na área de atenção básica á saúde indígena, pois a mesma está engajada no atendimento aos povos indígenas há aproximadamente 90 anos, sendo fundada em 1928, onde começou sua atuação com os indígenas no Estado do Mato Grosso do Sul, inaugurando um hospital para atendimento exclusivo ao índio - Hospital e Maternidade Porta da Esperança, fundado em março de 1963, o qual é mantido através de um convênio com o SUS (Sistema Único de Saúde) e a Unidade de Tuberculose, que teve início em março de 1978, além de uma Pediatria que faz parte do Projeto Fome Zero, para tratar de crianças desnutridas. Em 2001, firmou convênio com a FUNASA e desde então vem desenvolvendo o trabalho de atenção á saúde dos povos indígenas em várias regiões do Brasil, os quais realizam atendimento básico nas aldeias indígenas, que são amparados através de um convênio com a SESAI (Secretaria Especial de Saúde Indígena), órgão pertencente ao Ministério da Saúde. Os atendimentos prestados pela Entidade se dão através da contratação de profissionais da área da saúde e saneamento básico, tais quais: Médicos, Odontólogos, Enfermeiros, Técnicos de Enfermagem, Assistentes Sociais, Psicólogos, Farmacêuticos, Nutricionistas, Engenheiros, Geólogos, Químicos, Agentes Indígena de Saúde - AIS e Agentes Indígena de Saneamento - AISAN.  Sendo de suma importância frisar que a referida Entidade esta atuando a diversos anos na região Norte, tendo muita experiência nas suas complexidades climáticas, de extensão territorial e aspecto sócio-culturais da região. Porém, a maior vantagem que vemos na referida Entidade, gira em torno da experiência nas questões culturais de cada etnia, sua organização política/social, rituais, lendas, arte, habitações, educação, alimentação, entre outros. Pois nem todos os indígenas vivem da mesma maneira. Cabe mencionar que, a referida Entidade é idônea e possui grande responsabilidade social para com a força de trabalho e para com todos os usuários (povos indígenas), priorizando os direitos trabalhistas, bem como, investimento e qualificação através de capacitações dos seus colaboradores, além da transparência pública efetivada através da participação ativa do Controle Social Indígena. Capacitando tanto a equipe de saúde básica quanto a equipe de saneamento básico dos Distritos Sanitários Especiais Indígenas. Por conseqüência disto, é inviável a substituição da Missão Evangélica Caiuá, a qual acarretará em prejuízo ao ritmo de trabalho que já vem sendo realizado. Ditamos um dito popular, o qual se encaixa plenamente neste caso: "Em time que está ganhando não se mexe"! Então ressaltamos que, para nós é de suma importância a permanência da Entidade, mesmo com o Chamamento Público em andamento, que a referida participe, e caso seja vencedora, mantenha a MISSÃO EVANGÉLICA CAIUÁ atuando nos Distritos Sanitários de Saúde Indígena da nossa região NORTE, para dar continuidade aos serviços executados pelos profissionais contratados por esta tão renomada Instituição. Apelamos para o bom senso e solicitamos que seja ouvido tanto o clamor das pontas que realizam arduamente o desenvolver da saúde indígena, quanto dos que a recebem.   



Hoje: Geane está contando com você!

Geane dos Santos Teixeira precisa do seu apoio na petição «PERMANÊNCIA DA MISSÃO EVANGÉLICA CAIUÁ NA SAÚDE INDÍGENA NOS DISTRITOS DA REGIÃO NORTE.». Junte-se agora a Geane e mais 1.005 apoiadores.