PELA VIDA: SEM VACINA, SEM AULA PRESENCIAL!

PELA VIDA: SEM VACINA, SEM AULA PRESENCIAL!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!
Com 500 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
Coletivo Educação Santo André criou este abaixo-assinado para pressionar População da cidade de Santo André e

Atenção, profissionais da educação, estudantes, familiares e população em geral de Santo André!

Precisamos da colaboração de todos vocês, assinando o abaixo-assinado contra o retorno das aulas presenciais antes da vacinação ser garantida a todos.

Unidos somos mais fortes!

Ajudem, também, compartilhando com seus familiares e amigos!

Nesse quadro de insegurança e de dramático agravamento da crise sanitária em que vivemos, não podemos ser coniventes com políticas negacionistas - como a do Governador João Dória e de seu Secretário de Educação, Rossieli Soares, - que pretendem, a qualquer custo, reabrir escolas públicas e privadas às aulas presencias neste início de ano (a partir de fevereiro). Da mesma forma, rechaçamos, com veemência, as práticas genocidas do Presidente da República, Jair Bolsonaro, em seu apoio explícito aos movimentos antivacina, que comprometem a saúde, a integridade e a vida de milhões de brasileiras e brasileiros.

Não são poucos os dados e os posicionamentos de especialistas que contestam esse tipo de retorno, neste momento:

- A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) afirmou, neste mês de janeiro, que as escolas não estão preparadas para a volta das aulas presenciais.


- Novas cepas do coronavírus (disseminadas a partir do Amazonas, Reino Unido e África do Sul) podem ter maior capacidade de infectar crianças e pessoas mais jovens, com maior letalidade, segundo alguns cientistas.


- Informações oficiais do Estado de São Paulo, de 26 de janeiro deste ano, indicam o dobro de casos de infecções e mortes, por Covid-19, em todo o Estado, em comparação ao mês de novembro do ano passado.


- Dados de Boletim do ABC paulista, divulgados pelo Sindserv Santo André em 12 de janeiro de 2021, atestam que a média móvel de contaminados na Região, àquela altura, foi de 497 infectados/dia, 34,35% maior que a média móvel observada na quinzena anterior.


- O próprio Consórcio Intermunicipal do Grande ABC encaminhou, neste mês de janeiro, ofícios, à Secretaria Estadual de Saúde e ao Ministério da Saúde, solicitando 70 novos leitos de UTI nos municípios de nossa Região.


Recebemos, com satisfação, o Projeto de Lei CM nº 05/2021, de autoria do vereador Ricardo Alvarez, protocolado na Câmara Municipal de Santo André, em 20 de janeiro passado, que prevê a suspensão das aulas presenciais, em escolas públicas e privadas da cidade, antes da vacinação contra a Covid-19 de todo o quadro profissional da Educação e da comunidade escolar do Município. Esperamos que o referido Projeto seja discutido e aprovado, rapidamente, nos primeiros dias na nova legislatura municipal. Salientamos, ainda, a necessidade urgente de que a vacinação seja estendida, como direito, a toda a população brasileira, e que propostas mirabolantes de retorno às aulas físicas não sejam aventadas enquanto perdurar a grave crise sanitária vigente.

Nesse contexto, sugerimos, ao poder público municipal:

- manutenção do ensino remoto como instrumento de preservação da vida;


- ampla discussão, a partir do início deste ano letivo (com o conjunto dos profissionais da educação da cidade), sobre estratégias para o ensino híbrido e o ensino remoto, incluindo estratégias específicas para a Educação de Jovens e Adultos;


- manutenção das cestas básicas e dos kits de higiene, mensalmente (e sem atrasos!), a todos os estudantes do Município e a suas famílias;


- democratização do acesso ao ensino remoto, com disponibilização de equipamentos eletrônicos e de banda larga de qualidade, a todos os docentes e discentes de nossas comunidades escolares;


- intercessão, junto ao Governo Federal, pela continuidade do auxílio emergencial para as famílias em situação de vulnerabilidade em todo país.

Não é hora de ceder a pressões econômicas que, inadvertidamente, desprezam a vida e atrasam a retomada da economia brasileira, em condições objetivas e seguras!

Coletivo Educação Santo André.

 

 



 

 

 

 

 

 





 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!
Com 500 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!