Por ingressos mais baratos e um plano popular de sócio-torcedor no Palmeiras

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


texto completo aqui: http://nossopalestra.com.br/por-ingressos-mais-baratos-e-um-plano-popular-de-socio-torcedor/ 

O torcedor deve ser o coração, e não o bolso no clube. Os preços dos ingressos determinados pelo Palmeiras para o jogo contra o Alianza Lima, estreia na Libertadores de 2018 em São Paulo, mostram que há uma decisão por parte da diretoria do clube que deve ser reavaliada. Democraticamente, o Ocupa Palestra vem, por este manifesto, apresentar razões para a insatisfação dos torcedores e apresentar sugestões para usar o Allianz Parque de forma equilibrada, como fonte de receita e ao mesmo tempo objeto de paixão do torcedor.

Interessados no sucesso do Palmeiras dentro e fora de campo, reforçamos nosso apoio incondicional ao Palmeiras nos jogos finais do Campeonato Paulista e neste início de Libertadores. É no intuito de contribuir para que o Palmeiras avance ainda mais, que lançamos este manifesto pedindo razoabilidade nos preços dos ingressos e nas políticas que envolvem o acesso de todo torcedor ao Palmeiras. Queremos fazer parte desta caminhada: nas ruas, nos estádios, e onde mais o Palmeiras nos levar.

Entendemos que é possível alterar o atual modelo de negócios para buscar, com a mesma renda, incluir mais torcedores. Transformar o Allianz Parque em um verdadeiro caldeirão, sempre com casa cheia, dando espaço para torcedores de todas as classes sociais.

Hoje, a diretoria do Palmeiras alega que o valor mais alto nas partidas mais cobiçadas serve para premiar os sócios mais leais do Avanti, que comparecem em vários jogos considerados menos atrativos e se mantêm com rating de quatro ou cinco estrelas, a fim de garantir a prioridade da compra. Esses sócios, que pertencem ao Plano Ouro e pagam mensalmente R$ 119,99 ao clube, têm o direito de entrar de graça quando conseguem ingressos para os setores Gol Norte e Superior Norte. O Avanti Platina, que custa R$ 214,99 ao mês, garante ingresso grátis também no Gol Sul. O problema é que tais ingressos se esgotam muito rapidamente em grandes jogos e, mesmo os sócios destes planos, são afetados pelo aumento dos ingressos em jogos importantes.

Quem paga o Avanti Prata têm desconto de 50%, mas geralmente só vai conseguir ingresso nos setores mais caros, como o Superior Sul ou o Central Oeste. Ou seja, os “premiados”, de acordo com a diretoria, constituem uma grupo de privilegiados que têm a possibilidade de contribuir com uma razoável quantia mensal, superior a 10% do salário mínimo em vigor no Brasil, e também de frequentar a maior parte dos jogos. O torcedor que estuda ou trabalha à noite, por exemplo, já sai prejudicado nesta disputa. Aquele que mora no interior, idem.

O que acontece? Os setores mais caros frequentemente ficam vazios. Foi o caso da última quarta-feira, quando cerca de 25 mil pessoas viram a partida contra o Novorizontino, e 15 mil lugares no estádio ficaram vazios. A renda de R$ 1,5 milhão é excelente, mas ela poderia ser alcançada com uma redução nos valores dos ingressos que faria com que mais gente estivesse no estádio. O que é melhor: 25 mil torcedores pagando em média 60 reais ou 40 mil pagando 40 reais e gerando uma renda de R$ 1,6 milhão?



Hoje: Ocupa Palestra está contando com você!

Ocupa Palestra precisa do seu apoio na petição «Ocupa Palestra: Por ingressos mais baratos e um plano popular de sócio-torcedor no Palmeiras». Junte-se agora a Ocupa Palestra e mais 442 apoiadores.