Alunos contra a dispensação de diretores adjuntos no Colégio Estadual Círculo Operário

Alunos contra a dispensação de diretores adjuntos no Colégio Estadual Círculo Operário

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


Nós alunos do CE Círculo Operário solicitamos ao Exmo. sr. Pedro Fernandes, secretário de educação do Estado do Rio de Janeiro, que reveja a decisão de subtrair o quadro de diretores adjuntos o que tornaria obrigatório a saída de um dos integrantes da direção escolar e, consequentemente, causaria um hiato na administração da escola como um todo. O Círculo Operário é uma instituição de renome e possui um grande número de alunos e professores, por isso, necessita de uma equipe diretiva proporcional à sua demanda, além de que, tal decisão interfere diretamente no processo consultivo, já definido na Lei nº 7299, de 03 de junho de 2016, do Estado do Rio de Janeiro, que dispõe sobre o processo consultivo para a indicação de diretores e diretores adjuntos. Uma de nossas diretoras adjuntas, Tatiana, é responsável por diversos projetos beneficentes dentro da instituição e seu cargo está ameaçado pela decisão da secretaria de educação do Estado, pedimos atenciosamente que mantenham Tatiana devidamente em seu cargo vigente de diretora adjunta deixando correr o devido processo legal de consultividade.