REDUÇÃO PREÇOS PLANOS DE SAUDE

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 200!


Os contribuintes IDOSOS de planos e seguro saúde que pagam, regularmente prestações que sobem anualmente acima da inflação e sofrem correções por faixa etária, onerando em até seis vezes o valor da prestação para a faixa etária mais alta em relação à primeira e não utilizam serviços médicos hospitalares do SUS, deveriam ter suas mensalidades desoneradas dos impostos incidentes, que segundo a ABRAMGE totalizam cerca de 35%. Esta redução na prestação mensal, certamente daria uma maior adesão e manutenção deste contingente ao sistema particular, liberando o sistema público de saúde deteriorado e ineficiente. Importante lembrar que pagamos impostos que deveriam possibilitar um atendimento médico hospitalar público e  quando um contribuinte associado a um plano ou seguro  é atendido pelo SUS as prestadoras de planos e seguradoras reembolsam ao governo pelo s serviços prestados LEI 9656/98.  A vista destas considerações e, além de pagarmos impostos que são direcionados para a saúde, não nos beneficiamos da rede hospitalar, não realizamos exames ou consultas no sistema único de saúde (SUS), ou seja: Só geramos receitas e abrimos espaços para os brasileiros que não tem acesso ao sistema de saúde privada conseguir como menos dificuldade atendimento médico requerido e previsto na Constituição Brasileira, no art. que a seguir transcrevemos: “Art. 196. A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.”vale lembrar que no Capítulo IV do Estatuto do Idoso Art. 15 – É assegurada atenção integral à saúde do idoso, por meio do sistema Único de Saúde e este contingente não o utilizando irão, certamente, diminuir o custo e melhorar o acesso ao SUS, sobrecarregado com a população carente.



Hoje: Paulo está contando com você!

Paulo Alvarenga precisa do seu apoio na petição «O CONGRESSO NACIONAL: REDUÇÃO PREÇOS PLANOS DE SAUDE». Junte-se agora a Paulo e mais 160 apoiadores.