NESSE DIA DOS PAIS, QUERO UMA LICENÇA PATERNIDADE DIGNA

NESSE DIA DOS PAIS, QUERO UMA LICENÇA PATERNIDADE DIGNA

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!
Com 2.500 assinaturas, é mais provável que esta petição apareça na mídia!
Pop Vegan Food criou este abaixo-assinado para pressionar Dep.Fernanda Melchionna (Deputada Federal)

A Licença Paternidade de apenas 5 dias é uma vergonha!

Meu nome é Francisco. Sou cozinheiro no Pop Vegan Food, uma empresa de alimentação com unidades em São Paulo e Rio de Janeiro, e estou esperando uma filha que deve nascer em novembro desse ano (2021).
Estou feliz DEMAIS que vou ser pai... não tenho palavras!!

Mas estou INDIGNADO porque descobri que, pelas leis trabalhistas brasileiras, pai só tem direito a CINCO DIAS de licença paternidade. É quase a mesma coisa que nada!

Queria muito viver a experiência e os desafios dos primeiros meses de vida da minha filha. Sei o quanto isso é importante: pra minha filha que estará chegando ao mundo; pra mãe, que estará sobrecarregada e amamentando; e pra mim, que QUERO ser um pai ATIVO desde o começo da vida da minha filha.

Em CINCO DIAS, eu não consigo nem sequer CONHECER a minha filha. Se você já foi pai ou mãe, sabe do que eu estou falando!

Como é que eu vou dividir as tarefas e os cuidados, se a lei fala que eu só tenho CINCO DIAS? Como é que a gente vai ter igualdade de gênero, se a minha companheira vai ter que fazer quase todo o trabalho sozinha nesses primeiros meses que são tão desafiadores?

Aqui no POP eu vou ter uma licença estendida por conta da firma. Mas isso é um privilégio de poucos, porque a maioria das empresas não têm essa consciência ou não têm dinheiro pra fazer. E isso NÃO PODE ser um privilégio meu ou de alguns; tem que ser um DIREITO de todos, garantido por LEI!

A legislação atual está totalmente ultrapassada e garante só quatro meses para a mãe (pagos pelo INSS) e só cinco dias para o pai (pagos pelo empregador). Essa regra foi feita há mais de 30 anos. O mundo mudou muito, mas isso não. Em alguns outros países, já são garantidos até seis meses para cada um, pagos pelo INSS, como deve ser.

Mas no Brasil também tem gente se mobilizando para aumentar isso: Ficamos sabendo de um projeto de lei que quer mudar essa realidade e aumentar a licença parental para até 180 dias para cada.

Então a gente começou essa petição justamente pra isso: pra conseguir que essa lei vire REALIDADE, e que os pais e mães possam dar a devida atenção e carinho a quem acabou de chegar por aqui.

Por favor, assine com a gente. Cuidar da minha bebê é minha RESPONSABILIDADE e também o meu DIREITO!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!
Com 2.500 assinaturas, é mais provável que esta petição apareça na mídia!