Não cubram com asfalto a história de Guaranésia

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


Não só de Ipês de ouro, verdes colinas e cafezais à palpitar é feita a nossa terra, a nossa história.

Guaranésia possui um vasto e rico patrimônio histórico com seus casarões coloniais e ruas centenárias de paralelepípedo.
Algumas delas, como os casarões das praças e as ruas ao seu redor foram tombados, garantindo assim, a preservação para as futuras gerações.

Porém, nosso patrimônio corre um imenso risco de ser extinto.
As ruas centenárias de paralelepípedos que não estão no perímetro da praça não foram protegidas, mesmo havendo um projeto que ainda não foi aprovado.

Ocorre que nos últimos meses a Prefeitura Municipal, junto com o órgão que teoricamente seria responsável pela preservação de nosso patrimônio, o Conselho Municipal do Patrimonio Historico, aprovaram a remoção de todo um trecho de calçamento histórico da Rua Julio Tavares, que vai da Ponte da “Varzea” até a esquina do Centro Cultural e a substituição por malha asfáltica.

O argumento para tal medida vai desde que não há empresas que recuperem as calçadas, de acidentes por conta da pista escorregadia até às custas do esperado progresso.

As ruas de paralelepípedo estão mal preservadas, cheias de buracos e ondulações causadas principalmente pela passagem de tubulações da cia de água e esgoto - COPASA.

Somos à favor da REVITALIZAÇÃO, da MANUTENÇÃO e da PRESERVAÇÃO de nosso patrimônio, o que faz de nossa cidade, uma das mais belas da região.

Nossa cidade já sofreu no passado com a má preservação de prédios históricos e extinção de patrimônio como o antigo PONTILHÃO.

Não podemos deixar que cubram nosso passado e você pode fazer a sua parte participando desta corrente, apoiando esta causa.

ASSINE esta petição, CONVOQUE seus amigos e familiares, COMPARTILHE no Whatsapp e Facebook e vamos PRESERVAR NOSSA HISTORIA.



Hoje: Patrimonio está contando com você!

Patrimonio Guaranesia precisa do seu apoio na petição «Não cubram com asfalto a história de Guaranésia». Junte-se agora a Patrimonio e mais 302 apoiadores.